Escolha uma Página

Encontro Regional Leste destaca força do trabalho associativo

por | set 4, 2020 | Blog

O Encontro Regional Leste, promovido por Abrapp, Sindapp, ICSS, UniAbrapp e Conecta, foi realizado nesta quinta-feira (03), no centro de eventos digital do Grupo Abrapp, em formato 100% online e ao vivo.

O Encontro reuniu mais de 250 participantes. “É mais um recorde que batemos nesse novo mundo virtual”, destacou o Diretor-Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Martins, na abertura do evento. Ele agradeceu às associadas pelo engajamento e parceria na série de Encontros, importante marco no calendário do sistema. “É o momento em que o Grupo Abrapp sai para prestar contas, com toda transparência, compartilhar informações e ouvir os senhores”, destacou Luís. “Nosso sistema é heterogêneo, tem peculiaridades diversas e cada entidade tem sua necessidade. Precisamos ouvir muito o nosso corpo associativo”.

Luís Ricardo Martins relembrou as ameaças enfrentadas e as conquistas acumuladas pelas entidades fechadas nos últimos cinco anos. Ele destacou que a previdência complementar fechada saiu de um diagnóstico de estagnação e perda de interlocução com o governo brasileiro para um cenário de fomento com novas vertentes de crescimento, por meio do Fundo Setorial Abrapp, planos família, instituídos e previdência complementar do servidor público.

O Diretor-Presidente da Abrapp sublinhou o retorno da previdência complementar à pauta de prioridades do governo. Ele ressaltou ainda a volta da atuação efetiva do Conselho Nacional de Previdência Complementar, que montou sua agenda estratégica neste ano com base no planejamento compartilhado pela Abrapp. Na extensa lista dessa agenda de fomento, estão temas primordiais, como a inscrição automática, a proposta de Lei de Proteção à Poupança Previdenciária, ajustes na Resolução CMN 4.661/2018 que possibilitem a maior diversificação de investimentos, CNPJ por Plano, revisitação da Resolução CNPC 30/2018, entre outras frentes de trabalho.

Ele também destacou as propostas da Abrapp para aperfeiçoamentos na área tributária, como alíquota zero para quem poupar mais de 20 anos, postergação da opção tributária para o momento da concessão do benefício, a adequação da tributação para pessoas de baixa e média renda que fazem declaração simplificada, e a dedução das contribuições extraordinárias.

Luís Ricardo destacou ainda a iniciativa de criação do Fundo Setorial Abrapp que possibilitou a criação de novos planos família para as associadas. “Revolucionamos o sistema. Mudamos o estatuto de uma entidade que tem representatividade de 14% do PIB, de um sistema que paga para mais de 900 mil pessoas R$ 68 bilhões por ano. Não é fácil. Ousamos. Revolucionamos. Com muito viés de flexibilidade, comunicação, disrupção, antecipamos temas trazidos mais do que nunca nesse momento da pandemia”. Ele acrescentou que após 1,5 ano dessa iniciativa, dos 72 planos família hoje em operação/aprovação, 25 estão sob o guarda-chuva setorial da Abrapp. E a projeção para 2022 é saltar das atuais 27 mil pessoas protegidas para meio milhão.

Para auxiliar as entidades na venda desses planos, a Conecta, empresa de soluções associativas do Grupo, lançará em breve a central de serviços compartilhados.

Diretores Regionais

Os Diretores Executivos da Abrapp, responsáveis pela Regional Leste, também destacaram a capacidade de superação das entidades em um ano desafiador. O Diretor Armando Quintão Júnior observou que além do desafio de adaptação das operações frente as restrições impostas pela pandemia, há também o de performar as carteiras em cenário de juros baixos e incertezas, e fomentar o ingresso de novos participantes. “Quando se fala em necessidade de fomento, a Abrapp acertou ao criar o fundo setorial para planos família. Muitas entidades patrocinadas encontram nesses planos a saída para o fomento e a estabilidade”, ressaltou, reforçando o apoio prestado pela Associação às entidades.

O Diretor Denner de Freitas acrescentou ainda os esforços da Associação no diálogo com entes governamentais e a criação de soluções em conjunto. Como exemplo, ele citou o trabalho das Comissões Técnicas de Contabilidade e Investimentos junto à Previc para aprimoramento da Instrução Previc n. 31, publicada em 24 de agosto último, que estabelece novos procedimentos contábeis.

“Como resultado, as informações extra contábeis do Grupo 9 passarão a ser exigidas somente a partir de 31 de julho de 2021. Em relação à questão que aborda a classificação do risco de crédito dos ativos de investimentos, que estava prevista para ser implementada na Instrução 31, esta foi retirada e colocada em consulta pública pela Previc para discussão junto ao segmento. Já constituímos um GT no qual vamos tratar das sugestões para os critérios de classificação dos ativos e das regras de provisionamento para as perdas associadas ao risco de crédito desses ativos”, completou Denner, ressaltando que a segregação das mudanças em fases possibilitou mais tempo de adaptação às entidades.

Parceria com a Associação

A relação de parceria com a Abrapp foi enfatizada por Marcelo Leoni, Diretor Comercial da Capitalys, gestora independente dedicada a investimentos alternativos em private debt, alinhada às práticas internacionais de ESG, com carteira pulverizada, e apoio a médias e pequenas empresas. Ele ressaltou que desde o início dessa relação, os Diretores buscaram entender a estratégia da companhia e seus méritos e ofereceram apoio na organização de eventos educacionais para as associadas. “Para nós é sempre um prazer participar dos eventos e congressos da Abrapp, organização dedicada a assegurar que suas entidades filiadas tenham acesso às melhores e mais atualizadas práticas de todo o mercado”.

O primeiro painel do Encontro Regional Leste foi dedicado à discussão sobre “Cenário Econômico e Desafios na Alocação”. Os convidados abordaram temas como o cenário pós-pandemia; diversificação e modelo de gestão de fundos imobiliários; investimentos no exterior; e tecnologia para trazer consistência ao portfólio. Leia a matéria sobre o painel aqui.

Os avanços na discussão sobre sustentabilidade e inovação dentro das EFPC também foram temas centrais do Encontro Regional Leste com os painéis “Muito Além de Tendência: Gestão de Investimentos com Foco em ASG, Integridade e Ética” e “Sistema Focado em Inovação e Economia Compartilhada”. Leia mais.

O último painel do Encontro Regional Leste contou com apresentações e debates com as autoridades da Previc e do Ministério da Economia. Com o título de “Sustentabilidade de planos frente à crise e o futuro da Previdência Complementar”, o painel contou com participação do Diretora de Licenciamento da Previc, Ana Carolina Baasch, do Subsecretário do Regime de Previdência Complementar, Paulo Valle, e do Coordenador Geral de Fiscalização Direta da Previc, Maurício Aguirre Nakata. Veja aqui a cobertura do painel.

Os Encontros Regionais contam com o patrocínio de: Giant Steps Capital, Bradesco Asset Management, Pandhora, Rio Bravo, Santander Asset Management e Captalys. O evento tem o apoio da Mapfre Investimentos e da Franklin Templeton.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.

Shares
Share This