Escolha uma Página

Giro das Associadas: Funcef, Sebrae Previdência e Libertas

por | set 24, 2020 | Blog

Diretor de Administração da Funcef será encarregado de dados em ajuste à LGPD – O Diretor de Administração da Funcef, Augusto Miranda, foi designado encarregado de dados da entidade pela Diretoria Executiva no processo de ajuste da fundação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A figura do encarregado de dados ou DPO (Data Protection Officer) é uma das inovações da nova legislação. Em linhas gerais, Augusto Miranda terá a missão de assegurar que a Funcef cumpra as obrigações legais referentes à privacidade de informação previstas na LGPD.

Ele também atuará como porta-voz da fundação perante os titulares dos dados (pessoas físicas) e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD). A LGPD também prevê que a identidade e as informações de contato do encarregado de dados da Funcef estejam disponíveis no site. O encarregado/DPO segundo a LGPD deve ainda aceitar reclamações e comunicações dos titulares, prestar esclarecimentos e adotar providências; receber comunicações da autoridade nacional e adotar providências; orientar os funcionários e os contratados da entidade a respeito das práticas a serem tomadas em relação à proteção de dados pessoais; e executar as demais atribuições determinadas pelo controlador ou estabelecidas em normas complementares.

 

Sebrae Previdência tem desempenho positivo em agosto – O mês de agosto foi marcado pelo aumento das incertezas para os ativos de riscos brasileiros, que descolaram do movimento de recuperação de preços dos ativos nos mercados internacionais, além da queda da taxa de juros, gerando, no mercado local, uma desvalorização dos preços dos ativos de risco. Ainda assim, os resultados acumulados do ano, até 31 de agosto, dos planos administrados pelo Sebrae Previdência superaram não só a média da indústria de previdência privada, como também as principais métricas de mercado, com o perfil conservador alcançando 2,27% de rentabilidade; o perfil moderado, 2,76%; e o perfil arrojado, 3,31%; enquanto o plano Valor Previdência acumula rentabilidade de 2,82% no ano.

A entidade também está promovendo curso de investimentos com parte do Programa de Educação Financeira e Previdenciária. Foi elaborado um curso com três módulos: Investimentos, Direito Previdenciário e Solução de Dívidas, com o objetivo de tornar os colaboradores da entidade em consultores e conselheiros de aposentadoria. Todos os colaboradores da entidade participaram de capacitação para certificação em CPA10 e CPA20 e esta semana foi dado início ao módulo de investimentos, ministrado pelo Diretor de Administração e Investimentos Victor Hohl.

O curso passou por questões mais conceituais para entrar em pontos mais estratégicos e dinâmicos. Aberto aos Conselheiros Deliberativos e Fiscais, Gestores de Planos e equipe técnica do Instituto, o módulo investimentos tem como objetivo entender o mercado de previdência privada; distinguir renda fixa de variável; os tipos de produtos financeiros; o que são fundos de investimentos; por que devemos sempre diversificar nossas aplicações; e quando podemos arriscar um pouco mais nos investimentos.

Haverá ainda uma abordagem prática dos investimentos focada nos principais questionamentos dos participantes e assistidos registrados pela Área de Relacionamento, além do módulo de Direito Previdenciário, com a proposta de apresentar os fundamentos da previdência social, desenvolver estudos sobre espécies de segurados, formas de filiação e inscrição, contribuição previdenciária, além de apresentar as novas regras de aposentadoria conforme a Emenda Constitucional nº 103/2019 e suas regras de transição.

O terceiro e último módulo será o de Solução de Dívidas, com o objetivo é oferecer treinamento sobre a temática do endividamento, sob uma perspectiva da ciência psicológica, visando aprimorar o atendimento oferecido aos participantes e assistidos dos planos administrados pela entidade que estejam endividados.

 

Libertas oferece débito automático para contribuições – Os participantes que possuem planos de previdência e saúde na Fundação Libertas e pagam suas contas por meio do boleto bancário têm agora a opção do débito em conta nos Bancos Itaú e Banco do Brasil. Em razão do contrato firmado pela Libertas com os dois bancos, não haverá custo para o participante. Os beneficiados por essa mudança são participantes autopatrocinados, do VocêPrev (com exceção dos empregados do Sindpd) e beneficiários do plano de saúde Ex-MinasCaixa. Para alterar a opção de pagamento da contribuição, basta entrar em contato com a Central de Atendimento da Libertas.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.

Shares
Share This