Escolha uma Página

Giro das Associadas: Prevdata, Funpresp-Jud e Sebrae Previdência

por | fev 26, 2021 | Blog

Aportes ao Plano CV da Prevdata em 2020 aumentam 62% – A Prevdata registrou um crescimento de 62% nos aportes ao Plano CV – Prevdata II, no ano passado, em comparação a 2019. Segundo a entidade, o fluxo é decorrente de campanhas realizadas ao longo de 2020 reforçando a importância dessas contribuições adicionais.

“Com a queda da taxa de juros, precisa haver maior esforço contributivo para alcançarmos o benefício que desejamos no futuro”, comenta Andréa Corrêa, Coordenadora de Seguridade e Empréstimo da Prevdata. “Em 2020, com a queda do valor da cota, decorrente da pandemia, os participantes aproveitaram a oportunidade para aumentar suas contas do plano, ‘comprando’ cotas mais baratas – o que evidencia, cada vez mais, o crescimento da educação previdenciária de nossos participantes”.

 

Funpresp-Jud apresenta novo Portal do Participante – A Funpresp-Jud apresenta o novo Portal do Participante, que será lançado no dia 8 de março, durante o evento evento Conexão Funpresp-Jud. O Diretor de Seguridade da Fundação, Edmilson Enedino das Chagas, o Gerente de Arrecadação e Cadastro, Giovani Alves Rocha, e o Gerente de Tecnologia e Informações, Marcus Vinícius Tinoco, serão os responsáveis pela apresentação.

O evento pretende preparar e esclarecer previamente as dúvidas dos membros e servidores dos órgãos patrocinadores que atuam como elo entre a fundação e os participantes. O novo Portal foi desenvolvido pela Gerência de Tecnologia e Informação da própria entidade, reformulado para atender às necessidades apontadas pelos participantes e representantes Funpresp-Jud na Pesquisa de Satisfação realizada no ano passado e nos canais de atendimento.

 

Sebrae Previdência analisa os impactos da queda das ações da Petrobras – Nos últimos dias, o preço das ações da Petrobras oscilou significativamente na B3. Por ser uma das opções de investimentos para a carteira do Sebrae Previdência, o Diretor de Administração e Investimentos, Victor Hohl, decidiu expor os impactos desse movimento na reserva de seus participantes. Ele explica que o Perfil Conservador do plano da entidade não permite alocação no segmento de renda variável, ou seja, não tem ações da Petrobras em sua carteira. Já os perfis Moderado e Arrojado permitem a alocação em renda variável.

Ele explica ainda que no mês de fevereiro, a entidade ficou levemente abaixo do limite de investimentos em renda variável nos dois perfis, em função dos riscos relacionados aos impactos da pandemia para economia e das incertezas fiscais. “Sendo assim, temos um impacto pequeno em relação às oscilações de preço das ações da Petrobras, pois somente uma parte do recurso total está aplicado no segmento de renda variável”, diz.

Devido à diversificação com o objetivo de não concentrar o risco, a entidade reduziu ainda mais a exposição no ativo Petrobras. “O impacto da queda das ações da Petrobras no dia 22 de fevereiro, dia em que o ativo caiu cerca de 21%, impactou pouco nosso resultado. Nesse mesmo dia, nossa carteira ainda estava positiva no mês, enquanto o Ibovespa, IFIX e IMAB estavam negativos no mês. No ano, o resultado também está positivo, também superior ao Ibovespa, IFIX e IMAB”, destaca Hohl.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.

Shares
Share This