Escolha uma Página

Plano família CentrusPrev+ alcança R$ 1 milhão em patrimônio

por | out 8, 2020 | Blog

O CentrusPrev+, plano família da Centrus, alcançou R$ 1 milhão em patrimônio com 118 participantes. O plano foi lançado pela entidade no dia 10 de setembro por meio de uma live transmitida pelo canal da Centrus no YouTube com participação de Altamir Lopes, Diretor-Presidente da entidade, e Débora Lugoch, Coordenadora do Setor de Cadastro e Planos de Benefícios. “O CentrusPrev+ é um plano moderno, flexível, que permitirá estender aos familiares de participantes e assistidos dos planos da Centrus, e aos familiares dos aposentados vinculados às associações parceiras, a possibilidade de contar com a qualidade e solidez da fundação para a gestão de seus recursos no longo prazo”, diz Altamir em entrevista ao Blog Abrapp em Foco.

Segundo ele, essa é uma demanda antiga dos participantes da entidade, que administra a previdência complementar dos servidores do Banco Central há 40 anos, já tendo conquistado a confiança de seus participantes e assistidos, e expertise na gestão de poupança de longo prazo. “Exemplo disso é que todos os benefícios têm sido pagos nas datas aprazadas e nossos planos de benefício definido têm distribuído sucessivos superávits. Com base nessa experiência, a Centrus ampliará seu escopo de atuação e possibilitará que familiares também possam contar com a fundação para a gestão de sua poupança de longo prazo”, complementa Altamir.

O plano foi viabilizado por meio de associações de aposentados do Banco Central, entre elas a Associação Mineira de Antigos Servidores do Banco Central (Amasb); a Associação Recifense dos Antigos Funcionários do Banco Central (Arfab); a Associação dos Antigos Funcionários do Banco Central do Brasil (AAFBC); a Associação Brasiliense de Aposentados do Banco Central (Abace); além da própria Centurs como instituidora. Segundo Débora Lugoch (foto ao lado), o objetivo da criação do CentrusPrev+ foi ampliar o alcance da Centrus. “Começamos o planejamento em fevereiro do ano passado, com estudos a partir de um grupo técnico que fez um benchmark com vária entidades para buscar o que tinha de melhor no segmento, aprender com boas ideias e também com os erros”, diz em entrevista ao Blog Abrapp em Foco.

Com base nisso, a Centrus formatou o regulamento do plano, submetendo-o às instâncias de aprovação, e no final do ano passado o CentrusPrev+ foi aprovado. “Em janeiro, a gente iniciou firmando as parcerias com as associações e fazendo a contratação de um sistema adequado para dar capacidade tecnológica a esse plano”, explica Débora. Segundo ela, o uso de tecnologia nesse plano será primordial para que os processos sejam rápidos, fáceis e totalmente online. “Nesse movimento, desenhamos nosso portal de inscrições, que foi customizado com a cara da Centrus, com inteligência artificial, sendo que o participante digita o CPF e a gente já reconhece quem pode entrar ou não. Isso traz celeridade aos nossos processos de adesão”, comenta.

Débora destaca ainda que o objetivo da Centrus em fazer parcerias com as associações de aposentados do Banco Central foi justamente o fortalecimento dessas associações. “Inclusive, temos vários servidores que não fazem parte desse conjunto de associações e seria possível fortalecê-las com novos associados, ampliando ainda mais alcance do plano”, diz.

Ritmo de adesões – Após 12 dias de lançamento, considerando contribuições voluntárias e portabilidade, o plano somava 73 adesões. A expectativa de um patrimônio R$ 800 mil no final do mês de setembro foi alcançada, e no dia 8 de outubro a entidade já contabiliza R$ 1 milhão em patrimônio e 118 participantes. “Temos um volume diário de adesão bem interessante. Percebemos um interesse muito grande, mesmo de forma flexível, em que o participante define o quanto ele quer contribuir e por quanto tempo. As pessoas que aderiram possuem os mais diversos perfis, entre jovens e crianças até pessoas com mais idade”, destaca Débora. “É um público que está preocupado em garantir previdência complementar para si e sua família”, complementa.

Débora diz que devido à alta demanda, a entidade está concentrando seus esforços para prestar esclarecimentos aos participantes, levando conhecimento e fazendo simulações orientadas. “As pessoa estão interessadas, buscando muito o plano para fazer esse movimento. É um momento muito propício para se falar em previdência complementar. Diante de todo cenário que vivemos da previdência social e Reforma da Previdência, esse tema é muito falado pelo setor e pelas mídias, e tivemos esse ponto positivo, pois há maior preocupação das pessoas na busca por um plano de previdência complementar, o que nos ajuda e fortalece em termos de divulgação”.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.

Shares
Share This