Escolha uma Página

Giro das Associadas: Prevcom, Libertas e Valia

Carlos Flory participa de palestra sobre previdência complementar em Congresso da Apeprem – A implantação do regime de previdência complementar, sua obrigatoriedade e as alternativas de adesão a entidades fechadas serão os principais pontos abordados pelo Presidente da Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom), Carlos Henrique Flory, e o subsecretário de Previdência Complementar da Secretaria de Previdência, Paulo Fontoura Valle, durante o 16º Congresso Estadual de Previdência da Apeprem (Associação Paulista de Entidades de Previdência do Estado e dos Municípios), ocorrerá nos dias 14 e 15 de outubro.

Na palestra marcada para 14 de outubro, às 9h40, Paulo Valle e Carlos Flory irão tratar do marco legal que instituiu o sistema previdenciário aos entes federativos e das etapas necessárias para sua constituição. Os entes têm prazo até novembro de 2021 para aprovar a legislação e adotar o novo regime, conforme estabelecido na Reforma da Previdência. À frente da Prevcom, Carlos Flory, falará sobre a experiência da entidade responsável pelo gerenciamento dos planos dos servidores estaduais de São Paulo, do Prevcom RO, do estado de Rondônia, Prevcom MS, de Mato Grosso do Sul, e do SP Previdência, da cidade de São Paulo. A Fundação administra também os sistemas dos municípios paulistas de Guarulhos, Louveira, Jales, Osasco, Santa Fé do Sul, Birigui e Ribeirão Preto vinculados ao plano multipatrocinado Prevocm MultiI.

O 16º Congresso Estadual de Previdência da Apeprem será online e gratuito. O link para inscrições, programação e informações sobre os palestrantes estão disponíveis no site www.apeprem.com.br/eventos

Libertas lança Programa Saúde em Casa – Por meio do Programa Saúde em Casa, coordenado pela Gerência de Recursos Humanos e Administração da Fundação Libertas, os colaboradores receberam um kit completo para tornar o home office confortável e seguro: uma poltrona ergonômica certificada, doada pela fundação, um suporte para notebook, teclado, mouse e a opção de cessão de monitores. O objetivo da ação é promover um ambiente de trabalho adequado.

A Fundação Libertas anunciou recentemente que os colaboradores ficarão em home office por tempo indeterminado. “A Libertas se preocupa com o bem-estar de todos e está programando ainda diversas ações dentro do programa, para tornar essa nova realidade cada vez melhor para todos”, diz comunicado da entidade. 

Valia lança podcast no Spotify – A Valia lançou um novo canal de comunicação sobre as novidades da fundação: o ValiaCAST. O podcast pode ser acessado no Spotify, no perfil do Youtube da Valia e também no site institucional. “Fizemos um estudo sobre os hábitos e comportamentos dos nossos participantes e uma das observações é que nosso público consome podcasts – ferramenta que está se tornando cada vez mais comum no dia a dia das pessoas, pela praticidade e relevância no conteúdo. Queremos oferecer mais uma opção de canal para que todos fiquem por dentro de temas como educação financeira, investimentos e sobre as novidades da Valia”, reforça Daniel Coelho, gerente de Educação e Marketing da entidade.

O episódio de estreia do ValiaCAST é uma entrevista com Edécio Brasil, Diretor Superintendente da Valia, que contou sobre a história dos 47 anos da fundação, seus desafios e conquistas. Acesse aqui para ouvir.

Giro das Associadas: Postalis, Valia, Fapes e Capef

Postalis discute estratégia previdencial com participantes e assistidos – O Postalis reuniu representantes dos participantes para discutir a proposta de uma estratégia previdencial para equacionar o déficit do Plano BD. A elaboração dessa estratégia foi uma exigência do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a entidade, os Correios e a Previc, em fevereiro deste ano.

A reunião, realizada virtualmente, contou com mais de 50 pessoas, entre elas o Presidente do Postalis, Paulo Humberto de Oliveira, e outros dirigentes, além de especialistas em previdência da consultoria Mercer e de cinco associações: FAACO (Federação dos Aposentados, Aposentáveis e Pensionistas dos Correios e Telégrafos); FINDECT (Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios); FENTECT (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares); ADCAP (Associação dos Profissionais dos Correios); ANIPP (Associação Nacional Independente de Participantes do Postalis); e ANAPOST (Associação Nacional dos Participantes do Postalis).

O Postalis apresentou um estudo inicial da estratégia e ouviu as demandas dos representantes dos participantes. Foi proposta a criação de um grupo de trabalho com representantes das associações e da entidade para estudar e debater as propostas para o equacionamento do déficit e fazer a interlocução entre o Postalis e as entidades representativas. “Essa primeira reunião teve o objetivo de abrir a discussão, afinal são vocês participantes e o patrocinador que são os maiores interessados na estratégia previdencial”, declarou o Paulo Humberto. Nos próximos dias, o Postalis pretende lançar um hotsite sobre a proposta de estratégia previdencial, permitindo que qualquer participante opine sobre o assunto.

 

Valia é eleita uma das melhores empresas para trabalhar no Rio de Janeiro – Pelo segundo ano consecutivo, a Valia entrou para a lista das Melhores Empresas para Trabalhar do Rio de Janeiro, na categoria empresas de médio porte. O ranking é definido pela Great Place to Work, consultoria global que apoia organizações a obter melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho e inovação.

A fundação faz parte da lista do GPTW que avaliou junto aos empregados o ambiente de trabalho e aspectos como a oportunidade de crescimento, qualidade de vida, alinhamento de valores, estabilidade, remuneração e benefícios. De acordo com o Great Place to Work, os colaboradores de empresas que fazem parte da lista das Melhores Empresas para Trabalhar geram 61% mais de riqueza per capita para suas organizações. “A excelência é um dos nossos valores e buscamos evoluir também dentro de casa. Queremos proporcionar um ambiente melhor a cada ano aos nossos colaboradores. Aqui, trabalhamos pelo mesmo propósito – é um sentimento compartilhado por todos e acredito que essa seja a principal razão para a boa avaliação da equipe Valia na pesquisa do GPTW”, diz Edécio Brasil, Diretor Superintendente da Valia.

 

Fapes reduz despesas administrativas da previdência – Nos últimos quatro anos, a Fapes viveu um processo de reestruturação e redução de suas despesas administrativas para se equiparar a outras Entidades Fechadas de Previdência Complementar Fechada (EFPCs) do mesmo porte. De 2016 a 2019, a redução dos gastos nas atividades de previdência e saúde foi de 39%. Considerando apenas as despesas previdenciárias, a queda foi de R$ 108,8 milhões para R$ 72,5 milhões no último ano.

Mesmo com o resultado positivo, a relação entre o total de despesas com a previdência e o total dos ativos da entidade é de 0,49%. “Achamos o índice alto e fizemos um estudo comparativo com as Entidades Sistemicamente Importantes do segmento para entender como poderíamos ser mais competitivos”, explica o Diretor Superintendente, Ruy Gomes. O levantamento apontou que os números da Fapes incluem despesas que não são comuns a outras entidades. Entre elas, algumas que têm efeito apenas contábil, ou seja, não são gastos efetivos, mas provisões que constam no balanço. É o caso da Provisão de Créditos de Liquidação Duvidosa, criada pela suspensão dos contratos de dívida de 2002 e 2004 do principal patrocinador, com base em decisão do Tribunal de Contas da União (TCU). 

Além disso, há também a provisão devido ao contrato de confissão de dívida entre a administração da fundação e seu principal plano de benefícios relativo a questões trabalhistas que aguardam a definição da matéria junto aos demais patrocinadores. Uma terceira despesa se refere à assistência médica para ex-funcionários da Fapes que se aposentaram pelo plano de previdência da fundação. Juntas, as três despesas extraordinárias somam R$ 26,8 milhões. Ao considerar somente as despesas gerenciáveis, o indicador entre despesas e total de ativos seria de 0,31%. “É importante expurgar o que não é gerenciável do cálculo para não mergulhar em uma busca por novos cortes até o ponto de enfraquecermos gravemente a governança e a gestão de processos”, ressalta Ruy Gomes.

 

Capef firma parceria com ONG Meu Propósito – A Capef firmou parceria com a ONG Meu Propósito para o Clube de Benefícios, visando dar aos participantes condições especiais para contratação de serviços que envolvem consultorias de finanças pessoais. O objetivo é ajudar na organização das finanças. A Meu Propósito é uma Organização Não Governamental sediada na cidade do Recife (PE) que promove o desenvolvimento econômico, social e cultural sustentáveis, difundidos por meio do fomento à educação financeira.

Giro das Associadas: Petros, Prevcom e Libertas

Justiça aceita pedido e Petros passa a ser assistente do MPF – A Petros tornou-se assistente do Ministério Público Federal (MPF), passando a atuar como coautora em processo de improbidade administrativa movido pelo órgão contra ex-gestores e terceiros (pessoas físicas e pessoas jurídicas) por atos ilegais que causaram prejuízos à fundação.

A ação de improbidade administrativa envolve dois ativos decididos no passado: as Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) Providax Participações e V55 Empreendimentos, operacionalizadas pelo Banco BVA. Ambas aquisições são investigadas no âmbito da Operação Greenfield. Na ação para reparação de danos, o MPF pede R$ 825 milhões, e parte desse valor poderá retornar ao patrimônio da Petros.

A Petros passará a participar de forma ativa deste processo, apoiando o MPF com informações e documentos que auxiliem o órgão a sustentar as acusações por improbidade administrativa, e ainda aguarda a decisão da Justiça para também atuar como assistente do MPF nas ações de improbidade administrativa envolvendo outros quatro ativos, também decididos no passado: os Fundos de Investimentos em Participações (FIP) Global Equity, Enseada e Multiner e o Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) Trendbank, também alvo de investigações da Polícia Federal.

 

Prevcom realiza evento virtual sobre educação financeira – A Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom) realizará evento virtual no dia 14 de outubro, às 14h30, com o especialista André Medeiros, da DSOP Educação Financeira. Na palestra, os participantes dos planos da entidade aprenderão a identificar o seu verdadeiro padrão de vida e qual estrutura de bens e serviços que garante o conforto pessoal e da família. O objetivo é auxiliar no planejamento de longo prazo.

A palestra virtual promovida em parceria com a DSOP integra o programa de educação financeira e previdenciária Conta Comigo da Prevcom e tem por objetivo auxiliar os servidores a descobrirem o conjunto de elementos que compõem o perfil atual de consumo e a melhor estratégia para manter seu bem-estar e as fontes de receita que o consolidam.

 

Libertas anuncia home office por tempo indeterminado – A Diretoria Executiva anunciou, no dia 28 de setembro, a adoção do home office como regime oficial de trabalho da Libertas, por tempo indeterminado. A decisão foi comunicada a todos os colaboradores na abertura do happy hour virtual em comemoração ao aniversário de 43 anos da Fundação. De acordo com o diretor-presidente Lucas Nóbrega, a decisão reforça os novos rumos em direção à um futuro ágil e cada vez mais moderno. “Isso significa uma mudança muito grande de paradigma para a fundação, um jeito totalmente diferente de trabalhar. Com isso, a gente espera dar mais qualidade de vida para todos os nossos colaboradores”, reforçou Lucas.

O projeto da Diretoria da Libertas é montar um espaço presencial, no estilo coworking, para dar suporte ao trabalho remoto, quando for necessário. A entidade destaca que manterá seu compromisso no atendimento aos participantes por todos os seus canais digitais e, presencialmente, na sede da fundação, assim que possível. Atualmente o time está atendendo apenas em horários agendados aqueles que estão aptos para realizar a migração ao MGSPrev.

Giro das Associadas: FIPECq, Libertas e Funpresp-Jud

FIPECq lança campanha de adesão de crianças e adolescentes – Desde junho, a Conselho Federal de Administração (CFA) é instituidora da FIPECq, permitindo a adesão de seus quase 400 mil membros e familiares. Assim, a entidade lança, em outubro, uma campanha para o mês das crianças, incentivando a contratação do FIPECqPrev, seu plano de Contribuição Definida (CD), que tem o CFA e a FIPECq Vida como instituidores. Todos os participantes podem incluir no plano para familiares até o terceiro grau: filhos, netos, cônjuges, irmãos, tios etc.

Dos atuais afiliados do FIPECqPrev que são menores de idade, cerca de 30% são bebês ou crianças até 11 anos e 70% são adolescentes, de 12 a 18 anos. O plano possui contas individuais e pode ser aberto no nome dos pais, avós ou tios ou mesmo da criança, sendo que a movimentação só é permitida a partir dos 18 anos de idade. Para aderir, basta realizar aportes mensais a partir de R$ 165,64, sem limites de valores, ou fazer a portabilidade de recursos de outros planos de previdência.

Quem contribui para o FIPECqPrev pode participar ainda do Clube de Vantagens, que oferece descontos em escolas, universidades, academias de ginástica e compras em geral, além de poder abater as contribuições ao plano, até o limite de 12% dos rendimentos brutos tributáveis na Declaração Anual do Imposto de Renda.

 

Libertas apresenta resultado dos investimentos no mês de agosto – Os especialistas em investimentos da Libertas Daniel Pontes e André Carvalho apresentaram os resultados dos investimentos no mês de agosto e a rentabilidade dos planos administrados pela entidade em vídeo divulgado no canal da Libertas no YouTube.

Eles destacaram que, apesar de ainda estar em fase de recuperação, a entidade apresentou resultados positivos, fruto das decisões tomadas durante o período de incertezas na economia. No vídeo, eles traçam um panorama do cenário macroeconômico atual e detalham o desempenho dos investimentos por classe de ativos.

 

Funpresp-Jud recebe Copel para falar sobre plano família – No Ciclo de Palestras realizado pela Funpresp-Jud virtualmente na última quarta-feira, 30 de setembro, André Luis Moreira Marino, Chefe do Departamento de Benefícios Previdenciários da Fundação Copel e membro do Comitê de Expansão – Planos Setoriais e Família da Abrapp, foi o palestrante convidado. Na ocasião, ele falou sobre o plano família da Fundação Copel, lançado em dezembro de 2017, detalhando todas as etapas realizadas pela até o lançamento do plano.

Para André, o plano família é uma alternativa de “oxigenação” aos planos tradicionais da entidade e reforçou que o participante do plano patrocinado pode ser beneficiado no futuro com a cobertura de despesas administrativas pelo plano família. André também destacou o sistema de Prevcash implantado, que funciona por meio de aplicativo e permite acumular saldo para futuro recebimento de benefício, inclusive, com a possibilidade de dedução do Imposto de Renda.

O Diretor-Presidente da Funpresp-Jud, Amarildo Vieira de Oliveira, destacou o plano família como opção para revitalizar as entidades, mas explicou que a fundação só poderá oferecê-lo se houver alteração na Lei nº 12.618. Na ocasião, Amarildo também elogiou as inovações realizadas pela Copel e os seus resultados. Registrou, ainda, que a Funpresp-Jud estuda a implantação do Clube de Descontos com sistema de prevcash.

Giro das Associadas: BB Previdência, Libertas e Funpresp-Jud

BB Previdência realiza evento virtual com aposentados – A BB Previdência recebeu seus aposentados e pensionistas em um encontro virtual para falar sobre a visão de futuro da entidade, a importância de ter o orçamento planejado para realizar sonhos e assegurar situações adversas, a queda das taxas de juros e os desafios impostos pela pandemia. A Diretoria Executiva prestou contas e mostrou-se preocupada não apenas com a transformação digital da BB Previdência, mas também com a inclusão de seus assistidos no processo tecnológico. “Temos meios de comunicação, mas precisamos aperfeiçoar essa forma de interação. Vamos construir uma nova etapa desse nosso relacionamento”, afirmou o Presidente da BB Previdência, Luiz Claudio Batista.

Ele disse ainda que a entidade trabalhará com empenho e de forma contínua para entregar uma performance positiva na gestão dos recursos. “Nossa crença é de que o pior dessa crise já ficou para trás. Estamos gerindo os efeitos dela e não tenho dúvida de que já passamos pelo momento mais delicado. Dado o perfil de nossas aplicações, a performance dos nossos investimentos nos dá a confiança de que recuperaremos o que foi afetado pelos efeitos da crise”, destacou.

Para Eveline Susin, Diretora de Operações e de Relacionamento da BB Previdência, o processo de governança na entidade teve papel fundamental nessa recuperação. “O mercado apresentou um momento de grande oscilação e muita volatilidade. Cada plano possui sua política de investimento que é avaliada e analisada pela Diretoria Executiva. Dessa forma, as regras que definem como o dinheiro de nossos participantes será investido são revisadas e reavaliadas sempre que percebemos impactos significantes como a pandemia, por exemplo”, pontuou.

Assista o evento na íntegra no canal do YouTube da BB Previdência.

 

Libertas comemora 43 anos e anuncia trabalho remoto permanente – No último dia 28 de setembro, a Fundação Libertas completou 43 anos de história com mais de 90 pessoas conectadas através da plataforma Zoom. Na abertura do evento, o Diretor Presidente Lucas Nóbrega anunciou a decisão da fundação em aderir ao trabalho remoto definitivamente. Como parte dessa nova realidade, lançou o Programa Saúde em Casa, com foco no bem-estar da equipe. Em sua primeira ação, o programa terá a entrega de um kit para tornar o home office mais confortável, com poltrona ergonômica, teclado, mouse e suporte para notebook, além de outros benefícios como ginástica laboral online e consultas com nutricionistas.

Durante o dia, os colaboradores receberam em suas casas um kit com bolo e chapeuzinho, e receberam por e-mail um Ifood Card, no valor de R$50, para pedirem bebidas e petiscos a serem consumidos durante a comemoração. O evento ainda contou com apresentação de stand-up comedy e música ao vivo.

 

Funpresp-Jud realiza Pesquisa de Clima Organizacional – A Funpresp-Jud realizará pesquisa de opinião com seus empregados e gestores sobre o ambiente de trabalho de 30 de setembro a 2 de outubro, via plataforma externa on-line. O objetivo de identificar a percepção coletiva quanto ao ambiente de trabalho e os aspectos que têm influência sobre a produtividade, motivação e comportamento socioprofissional. A pesquisa compõe as ações do Planejamento Estratégico da Funpresp-Jud, na perspectiva “Aprendizado e Crescimento”, associada ao objetivo “Atrair e Reter Talentos”. A iniciativa buscará o aperfeiçoamento do ambiente de trabalho para contribuir com o alcance das metas institucionais.

Segundo Jamile Monteiro, Gerente de Gestão de Pessoas da Fundação, a pesquisa de clima organizacional é um instrumento capaz de medir indicadores de desempenho global da gestão e, consequentemente, de fornecer insumos para avaliação da eficácia da Política de Gestão de Pessoas, no âmbito da Funpresp-Jud, visando uma atuação mais estratégica da Gerência de Gestão de Pessoas. A gestão do clima organizacional possibilita ainda conhecer o quanto o ambiente de trabalho afeta o comportamento das pessoas e o seu bem-estar, além de permitir avaliar os impactos sobre os níveis de comprometimento, satisfação, absenteísmo e desempenho.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.