Escolha uma Página
Encontro +Conecta registra forte mobilização na Regional Sul

Encontro +Conecta registra forte mobilização na Regional Sul

Mais de 80 pessoas, entre dirigentes, gerentes e profissionais da Regional Sul da Abrapp (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), participaram do encontro +Conecta realizado nesta quinta-feira, 11 de março. A série de eventos promovida pela Conecta Soluções Associativas já realizou cinco encontros regionais e termina amanhã, 12 de março, com a Regional Nordeste (ver ao final).

Uma das novidades do evento da Regional Sul foi a participação da nova Diretora da Conecta, Claudia Trindade, que também é Diretora Executiva da Abrapp. “A Conecta é uma empresa nova, mas que já evoluiu muito. Dá para perceber a olhos vistos. Estou muito entusiasmada com o que a Conecta está fazendo”, disse a dirigente.

A Superintendente Executiva da Conecta, Claudia Janesko, deu as boas-vindas à nova diretora e agradeceu pelo “reencontro” com a profissional. As duas já atuaram em diversos projetos no Paraná e nos estados do Sul do país e ambas são bastante conhecidas pelos profissionais e dirigentes da região. Ela agradeceu também a presença massiva dos participantes e lembrou que o encontro tem a função de oferecer uma oportunidade de interação com as associadas da Abrapp, para ouvir as preocupações e desafios dos dirigentes e profissionais do setor e pensar em novas soluções.

“Estamos aqui para ouvir as demandas para trabalhar na busca de novas soluções. O papel da Conecta é o de realizar conexões entre as entidades e os parceiros; gerar ganhos em um ambiente de forte colaboração e compartilhamento”, explicou a Superintendente. Em seguida, ela passou a apresentar as frente de atuação da Conecta, começando pelo Hupp, que é o primeiro hub setorial da previdência complementar. Ele surgiu a partir do planejamento estratégico da Abrapp realizado no início do ano passado – mais especificamente relacionado ao eixo da inovação.

O Hupp é formado atualmente por 11 entidades fechadas (EFPC) parceiras que estão interagindo com 17 startups. O objetivo é criar soluções tecnológicas para que não apenas as entidades participantes possam utilizar em suas atividades, mas que sejam oferecidas para todo o sistema depois de testadas e aprovadas.

Claudia Janesko lembrou que o grupo de entidades que participam do Hupp possui grande diversidade de tamanhos e características, o que é especialmente importante para a testagem e desenvolvimento de soluções tecnológicas que sirvam futuramente para as demais EFPC.

“Temos entidades das Leis 108 e 109, desde as maiores até as menores, com planos patrocinados e instituídos. O alto nível de representatividade do grupo é importante porque, posteriormente, queremos que as soluções sejam replicáveis para todo nosso sistema”, comentou. Ela prevê que as primeiras soluções sejam aprovadas e disponibilizadas ainda no primeiro semestre de 2021.

Parceiros – Durante o evento, foram apresentados os parceiros da Conecta que oferecem soluções voltadas às necessidades das EFPC. Os parceiros são selecionados após passarem por um processo criterioso de escolha. “A gente testa os parceiros compreendendo a empresa, o modelo de negócios e a aderência da solução”. Atualmente, a Conecta trabalha com os seguintes parceiros: PFM; Perinity; Inovativadora; Contraktor; Agência Eureka; Comdinheiro; e Atlas.

Em geral, são empresas que já conhecem o setor de Previdência Fechada e possuem alta qualidade e condições favoráveis de custo. A Conecta continua buscando novas parcerias no mercado em diferentes áreas. “Estamos sempre olhando novas soluções. Temos conversado com muita gente. Mas tudo começa com a interação com vocês, para identificar e entender quais são as demandas para trazer ofertas adequadas para o sistema”, disse a Superintendente.

Central de Serviços – A partir de um processo de escuta realizado junto às entidades, a Conecta capturou as maiores necessidades e dores em relação à expansão e fomento das EFPC. Dessa análise, decidiu lançar a Central de Serviços com o objetivo de oferecer soluções voltadas para as áreas de vendas e atendimento. Diferente do Hupp e das soluções dos parceiros, a Central oferecerá uma prestação de serviços diretos pela Conecta. “Fizemos uma espécie de raio X específico para nosso ambiente para encontrar uma solução própria voltada principalmente para os novos planos família”, comentou Claudia Janesko.

Para isso, a Central de Serviços pretende oferecer uma solução completa em todas as etapas do funil de vendas. São soluções voltadas para o topo do funil, com campanhas de marketing que considerem o participante como principal divulgador do plano família. As soluções pretendem atender também o meio do funil, neste ponto, com a atuação da Clara, que é um chatbot (inteligência artificial) que será capaz de atuar no esquentamento dos leads.

A Central se propõe ainda a atuar no final do funil, com a venda propriamente dita, CRM e campanhas promocionais. O objetivo é oferecer alternativas de ações que permitam ganho de escala e volumetria, realizando a conexão com os portais de adesão digital das EFPC. E a última etapa, chamada de fase de encantamento, também será abrangida, com a finalidade de permitir a fidelização e retenção dos clientes.

Interação – A parte final do encontro da Regional Sul contou com boa participação do público, com apresentação de demandas e elogios para a atuação da Conecta. Eduardo Henrique Lamers, do Mais Futuro, perguntou se a empresa estava buscando parcerias e soluções para oferecer às entidades no atendimento às exigências da Instrução Previc nº 34/2020, que trata da prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo. Claudia Janesko disse que a Conecta já está analisando a demanda e mantendo interlocução com potenciais fornecedores.

Cristiano Jacobsen, da Família Previdência, disse acreditar que a Conecta está em um bom caminho para trazer soluções de tecnologia para que as EFPC possam ficar no mesmo patamar dos bancos. Glauco Milhomem, da Quanta Previdência, também parabenizou o trabalho da Conecta e disse que está satisfeito com a utilização de algumas ferramentas de parceiros da empresa.

Encerramento – O Superintendente Geral da Abrapp, Devanir Silva, destacou a importância do desenvolvimento da Conecta como uma das ações mais inovadoras para atender as associadas com soluções compartilhadas e redução de custos. “A Conecta atua para superar um dos maiores desafios do sistema, que é o uso intensivo de tecnologia. Hoje temos confiança na atuação da equipe Conecta, que tem buscado as melhores soluções, com profundidade e responsabilidade”, disse.

Devanir destacou que o sistema está saindo da etapa de crescimento vegetativo para retomar o fomento e atração de novos públicos de participantes. “Apesar de todas as dificuldades, vamos crescer. Nosso sistema tem mostrado resiliência, tem mostrado foco, e tenho certeza que iremos ocupar um espaço cada vez de maior destaque em nossa sociedade”, comentou o Superintendente Geral da Abrapp.

Agenda de encontros +Conecta:

12/03 – Regional Nordeste – 10h às 12h

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Centro-Norte realizado em 2 de março.

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Sudoeste realizado em 3 de março.

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Sudeste realizado em 9 de março.

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Leste realizado em 10 de março.

Abrapp e Conecta realizam mudanças em representação de fóruns, diretoria e grupos de trabalho

Em reunião de diretoria realizada nesta quarta-feira, 10 de março, a Abrapp aprovou mudanças na representação de alguns fóruns e grupos de trabalho. Conforme já noticiado pelo Blog Abrapp em Foco, José Luiz Taborda Rauen, Diretor Vice Presidente do Sindapp, assumiu como membro titular da Câmara de Recursos da Previdência Complementar (CRPC), em substituição a Luiz Paulo Brasizza. Também foi nomeado como membro suplente da CRPC, Jorge Luiz Berzagui, membro do Comitê de Ética do Sindapp.

Luiz Brasizza deixa também a representação em outros âmbitos devido a uma nova orientação da política de compliance global de sua empresa, a Volkswagen. Por isso, ele não participará mais do Comitê de Sustentabilidade da Abrapp, do Conselho Técnico Consultivo do CDP, da Câmara Consultiva do ISE da B3 e do Conselho de Ofertas Públicas da Anbima. Em seu lugar assume Keite Bianconi, Diretora Executiva Suplente da Abrapp. Ela atuará ao lado de Sérgio Wilson no Conselho de Ofertas Públicas da Anbima.

Outra mudança importante ocorreu no Grupo de Trabalho do Congresso Brasileiro de Previdência Privada, que terá como novo Coordenador Geral, o Diretor Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Martins.

Na Conecta Soluções Associativas, Cláudia Trindade assume uma posição na diretoria da empresa (ler entrevista nos próximos dias). Luiz Brasizza mantém suas posições como Diretor Vice Presidente da Abrapp e Diretor Presidente da UniAbrapp.

Relacionamento com o cliente é ressaltado em encontro +Conecta com Regional Leste

Relacionamento com o cliente é ressaltado em encontro +Conecta com Regional Leste

Nesta quarta-feira, 10 de março, a Conecta deu continuidade à série de encontros +Conecta, com as Associadas da Regional Leste da Abrapp. A Superintendente Executiva da empresa, Claudia Janesko, explicou, na ocasião, que o objetivo desses encontros é contribuir para o compartilhamento de soluções e de ideias. “Nosso nome expressa o que nos propomos fazer, que é conectar empresas, pessoas e entidades”, disse.

“A Conecta é uma empresa de todos nós. Ela é controlada pela Abrapp, que é controlada pelas suas Associadas”, reforçou o Superintendente Geral da Abrapp, Devanir Silva. Ele disse ainda que o momento da parceria é agora, e é importante o enriquecimento do currículo da Conecta. “É o momento de pensar no atendimento dentro da melhor forma possível, considerando o porte, a complexidade e os objetivos das entidades”.

A importância de promover atração e engajamento dos clientes em ações de captação para Planos Família foi tema de destaque durante a reunião. Na ocasião, as entidades da Regional Leste discutiram a relevância de se ter um ferramental para que todas as etapas do processo, desde o início da conversação com os potenciais participantes até o pós-venda, sejam contempladas.

Da atração ao encantamento – Nesse sentido, a Central de Serviços Conecta vem para auxiliar as entidades nas vendas e no atendimento em uma jornada completa de aquisição do novo cliente. “A Central é uma prestação de serviços pautada em metodologias novas, com inteligência de negócio do segmento em que atuamos, suportada por um ferramental bastante inovador”, disse Claudia. “Quando o sistema se deparou com uma oportunidade rica com os Planos Família, vieram também os desafios”, reforçou, explicando que a Central de Serviços aborda todas as etapas do funil: Atração; Argumentação/Esquentamento; Conversão; e Encantamento.

Ela pontuou que quando se fala em Plano Família, o processo tem início com campanhas que toquem o próprio participante da entidade, que é um potencial comprador deste produto e principal defensor da proposta. “Exploramos esse participante para que ele compreenda vantagens e enxergue o Plano Família como uma oferta de valor que a entidade está oferecendo a ele e a seus familiares. Precisamos sensibilizar profundamente o participante para, na sequência, engajá-lo em um programa memeber-get-memeber”, disse Claudia. A elaboração, planejamento e execução dessas campanhas de marketing são feitas dentro da Central de Serviços.

Para apoiar ainda mais esse processo, a Central conta com a Clara, um chatbot com inteligência artificial que conta com planejamento de script especializado para atender esse novo e potencial cliente. O bot, além de preparar melhor a venda propriamente dita, permite a construção de um perfil dos novos leads com volumetria e escalabilidade. “Direcionar campanhas de forma mais assertiva, com uma abordagem mais rápida e com argumentos mais adequados é fundamental”, disse Claudia. A automação também é fundamental para aprimorar esse processo”, reiterou. Para isso, a Conecta desenvolveu uma plataforma proprietária para integrar todas essas ferramentas.

Oferta de valor – “Ninguém vende o que não acredita, por isso é fundamental que o processo comece com uma forte sensibilização junto ao participante, para que ele verdadeiramente defenda o plano junto ao seu grupo familiar”, explicou Claudia.

Durante a apresentação, as entidades da Regional Leste questionaram como funciona o processo de captação do cliente, ressaltando a importância do pós-venda. Para isso, a Central fornece soluções para manutenção de ações e campanhas para fortalecimento da relação com o cliente. “É esse relacionamento de longo prazo que traz ganhos mais expressivos à entidade”, reforçou Claudia. “Trabalhar a fidelização desse cliente não é uma opção, é uma ação extremamente relevante”.

Hupp e Parceiros – Claudia Janesko apresentou ainda os projetos especiais da Conecta, como o Hupp, que tem um objetivo de ser um celeiro de soluções para o sistema. “No ciclo inaugural do Hupp tínhamos um grande desafio, e para viabilizar a operação, além do edital de startups, fizemos uma chamada também para as entidades”. O Hupp foi lançado em 1º de junho de 2020 com os dois editais, sendo selecionadas 11 entidades parceiras (número total de EFPC´s inscritas) e 17 startups para o primeiro ciclo do projeto.

Claudia explicou que o Hupp está na fase de promoção de alinhamento entre o time das entidades com o time das startups para delimitar o escopo e o cronograma das Provas de Conceito (POCs) das soluções. “Para as POCs precisamos entender o que a startup tem de solução e que já está comercializando em outros nichos, e o que precisa ser feito em termos de desenvolvimento e adaptação para que haja maior aderência ao nossos segmento”, disse Claudia, ressaltando que apesar das entidades parceiras do Hupp serem o berço das POCs, essas provas têm um conceito mais amplo para que a solução desenvolvida caiba para todo o segmento, sendo este um projeto coletivo.

Com a proposta de trazer soluções compartilhadas e promover desonerações, a Conecta conta ainda com parcerias estratégicas com o objetivo de oferecer o melhor em cada necessidade das EFPC. “Com soluções escaláveis conseguimos trazer condições comerciais melhores”, disse Claudia. Atualmente, a empresa conta com os seguintes parceiros para soluções voltadas às EFPC: PFM; Perinity; Inovativadora; Contraktor; Agência Eureka; Comdinheiro e Atlas. “Estamos sempre olhando novas soluções e buscando identificar novos parceiros”, ressaltou a Superintendente da Conecta.

Confira o calendário dos próximos encontros +Conecta:

11/03 – Regional Sul – 10h às 12h

12/03 – Regional Nordeste – 10h às 12h

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Centro-Norte realizado em 2 de março.

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Sudoeste realizado em 3 de março.

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Sudeste realizado em 9 de março.

Regional Sudeste: Conecta apresenta soluções para desonerar as EFPC

Regional Sudeste: Conecta apresenta soluções para desonerar as EFPC

Criada para oferecer produtos e serviços que atendam as grandes dores das EFPC, com redução de custos e aceleração da inovação por meio de soluções compartilhadas, a Conecta deu continuidade à série de encontros +Conecta, nesta terça-feira (09), com as associadas da Regional Sudeste da Abrapp.

Durante o encontro foram apresentadas as diversas frentes de trabalho da Conecta. Dentre elas, está o Hupp, o primeiro hub de inovação da previdência complementar fechada do Brasil; produtos e serviços de parceiros no conceito “plug and play”; e a Central de Serviços Compartilhados – solução completa para a área comercial das entidades.

Ouvir e conectar – O propósito da Conecta é construir conexões de valor entre negócios, pessoas e as entidades fechadas de previdência complementar. Promovendo assim um ambiente onde é possível colaborar e compartilhar soluções, destacou a Superintendente Executiva da empresa, Claudia Janesko.

“Por isso ouvir as associadas é tão importante: vocês nos balizam sobre o quanto estamos aderentes com esse propósito, o quanto podemos evoluir e aprimorar”, ressaltou Cláudia.

O Superintendente Geral da Abrapp, Devanir Silva, lembrou que a Conecta pertence indiretamente às associadas, pois o empreendimento nasceu no seio da Associação.

Os ganhos de escala proporcionados pela adesão do quadro associativo às soluções geram um ciclo virtuoso: desonera, reduz custos e torna acessível para todas as inovações de ponta do mercado. “Temos bons produtos, fornecedores de renome e utilizamos o melhor da tecnologia. É um movimento de ganha-ganha”, acrescentou Devanir.

Frentes de trabalho

Hupp – Uma das frentes de trabalho da Conecta foca em inovações já experimentadas por outros mercados, mas que exigem desenvolvimento adicional para atender às necessidades específicas das EFPC. É o foco do Hupp – primeiro hub setorial da previdência complementar fechada.

O hub surgiu a partir do planejamento estratégico da Abrapp, no pilar de inovação, e conta com a gestão da Conecta e consultoria técnica da LM Ventures.

Atualmente, 17 startups selecionadas pelo Hupp trabalham em parceria com 11 EFPC para validação de novas soluções dentro do setor. O projeto já avançou para a etapa de mentoria e consultoria estratégica para as Provas de Conceito (POC) das soluções desenvolvidas pelas startups.

Depois de validadas, elas serão lançadas para compartilhamento com as demais entidades do sistema. “Nossa expectativa é que no final do semestre já tenhamos algo sendo disponibilizado para vocês por meio da Conecta”, destacou Claudia Janesko.

Parceiros – Outra frente de trabalho da Conecta são produtos e serviços para as EFPC no conceito “plug and play” – ou seja, que já estão prontos e não exigem desenvolvimento adicional para que as entidades já comecem a utilizar.

Para estarem no portfólio da Conecta, essas soluções são avaliadas sob critérios de excelência no atendimento e precisam oferecer melhores condições comerciais do que as EFPC encontrariam no mercado, entre outros aspectos. “Afinal, um dos nossos propósitos é trazer mais desoneração para as entidades, olhar para a escalabilidade”, destacou Claudia.

Atualmente, a empresa conta com os seguintes parceiros para soluções voltadas às EFPC: PFM (ferramenta de avaliação e gestão de riscos); Perinity (software de GRC, avaliação de aderência à LGPD e terceirização de DPO); Inovativadora (consultoria de marketing digital); Contraktor (digitalização e gestão de contratos); Agência Eureka (agência de publicidade); Comdinheiro (análise do mercado financeiro) e Atlas (governança para reuniões).

Claudia destacou que as soluções validadas no Hupp também passarão por essa negociação comercial para que a oferta seja diferenciada para as EFPC.

Central de Serviços – Primeira operação com prestação de serviços direta pela Conecta, a Central não é uma ferramenta. Trata-se de estrutura completa de serviços, suportada por tecnologia, que engloba toda as etapas do funil de vendas. Isso pode envolver, por exemplo, desde a preparação para o lançamento de um plano família, passando pela captação de potenciais clientes, campanhas, atendimento e pós-venda.

A plataforma proprietária permite, de um lado, a elaboração de planejamento, estratégias e campanhas de marketing customizados para cada entidade. E, de outro, a oferta no estilo BPO, em que as ferramentas tecnológicas por trás dessas ações são compartilhadas pelas EFPC, o que possibilita a redução de custos. Um exemplo é o chatbot “Clara” que atua no atendimento e prospecção com inteligência artificial embarcada.

“Eliminamos a necessidade de cada EFPC ter que construir toda uma máquina tecnológica, construir integrações, ter custos de set up e de tempo para treinamentos em cada ferramenta”, observou Claudia Janesko. A plataforma é trabalhada com a estrutura “White label”, ou seja, a marca vista pelo cliente é sempre a da entidade fechada.

A Central de Serviços está em fase inicial de operações. Por esse motivo, as entidades que contratarem os serviços neste momento terão acesso a condições ainda mais vantajosas, ressaltou Devanir Silva.

“É uma relação de ganha-ganha: a Conecta vai enriquecer seu currículo e a EFPC terá acesso a toda essa tecnologia de ponta por praticamente preço de custo, para que consigamos expandir a solução. É um momento interessante, principalmente, para quem tem o objetivo de lançar ou está iniciando um plano família”, destacou.

Troca de experiências

Durante o encontro, as associadas esclareceram questões sobre os serviços ofertados pela Conecta e manifestaram forte interesse em conhecer melhor as soluções. Os dirigentes também compartilharam suas experiências com os serviços contratados.

Luiz Carlos Cotta, Diretor-Presidente da Faeces, elogiou a consultoria para planejamento da transformação digital da entidade. “Estamos muito satisfeitos com a empresa contratada via Conecta para desenvolver nosso planejamento estratégico. São profissionais muito competentes, que prestaram serviço de excelente qualidade”.

Confira o calendário dos próximos encontros +Conecta:
10/03 – Regional Leste – 10h às 12h
11/03 – Regional Sul – 10h às 12h
12/03 – Regional Nordeste – 10h às 12h

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Centro-Norte realizado em 2 de março.

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Sudoeste realizado em 3 de março.

Regional Sudoeste: Conecta apresenta atividades do Hupp, soluções de parceiros e Central de Serviços para associadas da Abrapp

Regional Sudoeste: Conecta apresenta atividades do Hupp, soluções de parceiros e Central de Serviços para associadas da Abrapp

A série de encontros +Conecta teve continuidade nesta quarta-feira, 3 de março, com a realização da apresentação e diálogo com as entidades fechadas (EFPC) da regional Sudoeste (São Paulo) da Abrapp. Realizados por videoconferência, os eventos continuarão na próxima semana em dias específicos para cada regional (ver lista ao final). O objetivo é abordar as diferentes frentes de atuação da Conecta, compartilhar a atualização do status do Hupp, as soluções de parceiros e conversar sobre a Central de Serviços.

Além disso, o time da Conecta oferece a oportunidade de interação com as associadas da Abrapp, para ouvir as preocupações e desafios dos dirigentes e profissionais do setor e pensar em novas soluções. “Estamos aqui para ouvir as demandas para trabalhar na busca de novas soluções. O papel da Conecta é o de realizar conexões entre as entidades e os parceiros; gerar ganhos em um ambiente de forte colaboração e compartilhamento”, explicou a Superintendente Executiva da Conecta, Claudia Janesko.

O Superintendente Geral da Abrapp, Devanir Silva, destacou a importância do desenvolvimento da Conecta como uma das ações mais inovadoras para atender as associadas com soluções compartilhadas e redução de custos. “A Conecta atua para superar um dos maiores desafios do sistema, que é o uso intensivo de tecnologia. Hoje temos confiança na atuação da equipe Conecta, que tem buscado as melhores soluções, com profundidade e responsabilidade”, disse Devanir.

Um dos pontos importantes da apresentação da Conecta foi o do Hupp, que é o primeiro hub setorial da previdência complementar. Ele surgiu a partir do planejamento estratégico da Abrapp realizado no início do ano passado – mais especificamente relacionado ao eixo da inovação. “Estamos com 11 entidades parceiras trabalhando conosco nesse primeiro ciclo, e elas estão se relacionando com 17 startups para validar soluções para dentro do nosso ambiente, sendo soluções que já têm operações em outros nichos”, disse Claudia.

A Superintendente esclareceu que o Hupp é um projeto desenvolvido pela Abrapp para todo o sistema e que conta com a gestão da Conecta e a consultoria técnica da LM Ventures. O projeto está avançando rapidamente e se prepara para entrar na etapa de validação das soluções que estão sendo implementadas inicialmente dentro das Entidades Participantes. Para isso, está em andamento um trabalho de mentoria e consultoria estratégica para as Provas de Conceito (POC) das startups. Depois de validadas, as soluções serão lançadas para compartilhamento com demais entidades do sistema. “Queremos auxiliar no processo de transformação digital para todo o setor”, comentou.

Parceiros – Durante o evento, foram apresentados os parceiros da Conecta que oferecem soluções voltadas às necessidades das EFPC. Claudia Janesko esclareceu a diferença entre as startups, que estão desenvolvendo novas soluções tecnológicas através da interação no Hupp, e os parceiros, que já oferecem soluções maduras para sua contratação pelas entidades.

Ela reiterou que a seleção de parceiros da Conecta é criteriosa. “A gente testa os parceiros compreendendo a empresa, o modelo de negócios e a aderência da solução”. Atualmente, a Conecta trabalha com os seguintes parceiros: PFM; Perinity; Inovativadora; Contraktor; Agência Eureka; Comdinheiro; e Atlas. Em geral, são empresas que já conhecem o setor de Previdência Fechada e possuem alta qualidade e condições favoráveis de custo. “Se a empresa não trouxer vantagem de custo para o sistema, não faz sentido compor a grade de parceiros. Um dos objetivos é reduzir onerosidade a partir de uma condição comercial mais vantajosa. A Conecta desempenha esse papel de negociadora”, comentou.

Central de Serviços – A partir de um processo de escuta realizado junto às entidades, a Conecta capturou as maiores necessidades e dores em relação à expansão e fomento das EFPC. Dessa análise, decidiu lançar a Central de Serviços com o objetivo de oferecer soluções voltadas para as áreas de vendas e atendimento. O maior desafio colocado para o sistema é o de vendas e pós-vendas para avançar na expansão do sistema na atração de novos públicos, sobretudo, os familiares de participantes.

Para isso, a Central de Serviços pretende oferecer uma solução completa em todas as etapas do funil de vendas. São soluções voltadas para o topo do funil, com campanhas de marketing que considerem o participante como principal divulgador do plano família. Claudia explicou que a Central pretende atuar na questão da ampliação das bases de dados com informações sobre os familiares de segundo ou terceiro graus dos participantes, que atualmente não são acessadas pelas entidades.

As soluções pretendem atender também o meio do funil, neste ponto, com a atuação da Clara, que é um chatbot (inteligência artificial) que será capaz de atuar no esquentamento dos leads. “A Clara é o avatar do nosso bot. A principal inovação, ainda não explorada no nosso sistema, é a utilização do bot na fase de prospecção de vendas”, diz a Superintendente da Conecta. A atuação do chatbot nesta etapa terá a capacidade de substituir com eficácia a necessidade de uma equipe numerosa de profissionais, que a maioria das entidades não têm condições de manter.

A Central da Conecta se propõe ainda a atuar no final do funil, com a venda propriamente dita, CRM e campanhas promocionais. O objetivo é oferecer alternativas de ações que permitam ganho de escala e volumetria, realizando a conexão com os portais de adesão digital das EFPC. E a última etapa, chamada de fase de encantamento, também será abrangida, com a finalidade de permitir a fidelização e retenção dos clientes. Sabe-se que os planos instituídos, muito mais que os patrocinados, enfrentam o desafio da fidelização é fundamental a adoção de ações e campanhas que possam gerar percepção de valor aos participantes durante toda a fase de acumulação.

Devanir Silva também reforçou os objetivos da Central de Serviços. “É uma solução completa para atender os desafios das associadas de todos os portes com qualidade técnica e custos compatíveis. A Central envolve a atuação de grandes prestadores de serviços, que têm histórico de entrega e alto padrão de credibilidade. Será uma solução de alto valor para todo o quadro associativo”, disse o Superintendente Geral da Abrapp.

Demandas e dúvidas – Ao final do evento, a equipe da Conecta recebeu questões com dúvidas e demandas de profissionais e dirigentes da regional Sudoeste (São Paulo). Uma das preocupações expostas pelos participantes foram as exigências impostas pela nova Instrução Previc n. 34/2020, que entrou em vigor em 1 de março deste ano. A nova regulação traz novas exigências e controles para as entidades sobre a prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

Os participantes do evento também citaram o interesse em seguir acompanhando os avanços sobre a Central de Serviços e demais soluções tecnológicas oferecidas pela Conecta e seus parceiros na gestão e vendas de planos instituídos e familiares.

Confira o calendário dos próximos encontros +Conecta:

09/03 – Regional Sudeste – 10h às 12h

10/03 – Regional Leste – 10h às 12h

11/03 – Regional Sul – 10h às 12h

12/03 – Regional Nordeste – 10h às 12h

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Centro-Norte realizado em 2 de março.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.