Escolha uma Página

Giro das Associadas: Forluz, Sebrae Previdência e Funpresp-Jud

Forluz conquista certificação do GPTW – A Forluz foi reconhecida pela GPTW (Great Place To Work) como um excelente lugar para trabalhar. A certificação foi concedida depois que a fundação obteve um índice de 83% de favorabilidade do clima interno na pesquisa aplicada pela empresa. O Presidente da entidade, Gilberto Gomes Lacerda explica que a GPTW é uma instituição de referência, não só no Brasil, mas no mundo. “É uma certificação de muita credibilidade, que possui metodologia rigorosa e validada. Era preciso alcançarmos um índice de pelo menos 70%, e superamos este número em 13 pontos percentuais”, diz.

Segundo ele, a conquista deve a uma atuação para a melhoria da comunicação interna, incluindo um programa robusto de treinamento para o time, disseminação da cultura do feedback, entre outras ações. “Evoluímos em diversas frentes que se conectam à melhoria do clima. Além disso, a gestão de pessoas é um dos pilares do planejamento estratégico”, pontua.

Gilberto ressalta ainda o esforço para manter os empregados seguros e engajados durante a pandemia de COVID-19. A tendo em vista que a Forluz está funcionando em regime de teletrabalho desde março. “Mesmo distantes, seguimos mais próximos do que nunca. Nosso objetivo é fortalecer o que já temos de positivo e construir soluções para pontos de melhoria”.

O diretor de Seguridade e Gestão, Nelson Benício Marques Araújo, cita também alguns avanços que foram feitos no último ano e contribuíram para a certificação da entidade. “Conseguimos transformar o ambiente e, o mais importante, as pessoas sentiram esta mudança. Estamos promovendo um trabalho intenso de formação dos líderes, abrimos espaço para o diálogo individual do RH com a equipe, fizemos reuniões periódicas da Diretoria com toda a empresa, estipulamos uma rotina para o alinhamento de expectativas entre gestores e empregados, trouxemos novos integrantes para o time e retomamos o planejamento estratégico com o envolvimento de todos. Paralelamente, monitoramos a saúde do nosso quadro corporativo ao longo da pandemia, auxiliando na adaptação ao home office”.

 

Sebrae Previdência ultrapassa R$ 945 milhões em patrimônio – O patrimônio administrado pela Sebrae Previdência ultrapassou a marca de R$ 945 milhões, segundo dados do último acompanhamento semanal dos investimentos. No ano, o Plano Valor Previdência apresentou crescimento patrimonial de 46%, totalizando R$ 22 milhões.

O crescimento patrimonial foi suportado pelas contribuições aos planos, que continuam em crescimento, e também pela performance dos investimentos. Nos últimos 12 meses, os perfis de investimentos Arrojado, Moderado e o recente Plano Valor Previdência superaram indicadores de mercado. O Perfil Arrojado está acima de 200% CDI e os Perfis Moderado e Valor Previdência acima de 160% do CDI nos últimos 12 meses.

Segundo a entidade, o desempenho reflete uma estratégia de diversificação da carteira, além de ações pontuais na gestão de investimentos que utilizou de instrumentos financeiros disponíveis no mercado para mitigar os efeitos da queda de preços dos ativos durante a pandemia.

 

Contribuições facultativas à Funpresp-Jud podem ser pagas via Pix – As contribuições facultativas ao plano da Funpresp-Jud podem ser pagas pelo Pix, novo meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC). A chave é o CNPJ da Fundação e o pagamento precisa ser feito pela conta que o participante for titular, para possibilitar a identificação.

Os participantes podem também realizar DOC/TED ou transferência bancária para a Funpresp-Jud. As contribuições facultativas esporádicas podem ser feitas em valores a partir de 2,5% da respectiva remuneração de participação. “A realização de contribuições facultativas faz diferença na formação de uma maior reserva individual e, para ajudar a visualizar o incremento do benefício futuro, é possível fazer simulações no Portal Participante. Além disso, as contribuições facultativas são livres de taxa de carregamento, de forma que os valores vão integralmente para a reserva individual do participante”, diz a fundação.

Giro das Associadas: Valia, Fundação Copel, Funpresp-Jud e PRhosper

Valia participa da Semana ENEF – Pelo quarto ano consecutivo, a Valia participará da Semana Nacional de Educação Financeira – Semana ENEF, iniciativa que visa promover a educação financeira, securitária, previdenciária e fiscal no Brasil por meio de ações gratuitas realizadas por entidades públicas e privadas relacionadas ao tema. A Semana ENEF será realizada de 23 a 29 novembro e terá como tema: “Resiliência financeira: como atravessar a crise?”.

A Valia oferecerá um conteúdo diferente para cada dia do evento e tem como destaques quatro videoaulas com especialista em bem-estar, longevidade e prosperidade, e três lives sobre “Saúde financeira na pandemia”, “Uma jornada pelos investimentos” e “Como usufruir ao máximo do Benefício Fiscal de Imposto de Renda com a sua providência”. Todas as atividades serão exibidas nas redes sociais da Valia.

“Nosso propósito é ajudar as pessoas na construção de um futuro mais digno e sustentável e a educação financeira é um dos pilares principais para se alcançar esse objetivo. Temos muito orgulho de participar de um evento tão importante, de abrangência nacional, e sabemos da nossa responsabilidade em fomentar e democratizar a educação financeira”, destaca Elisabete Teixeira, Diretora de Seguridade da Valia.

Fundação Copel empossa membros Conselho Deliberativo – No dia 13 de novembro, foram empossados os novos conselheiros Marcos Antonio Brenny, Nivia Mara Lubas e Lindolfo Zimmer no Conselho Deliberativo da Fundação Copel. Estavam presente na cerimônia a Diretoria Executiva, o Presidente do Conselho Deliberativo, Hemerson Luiz Barbosa Pedroso, e os atuais conselheiros Luis Gustavo Socher e Cassio Vargas Pinto, bem como os ex-conselheiros Américo Antonio Gaion, Carlos Eduardo Felski e Roberto Pontedura.

Os ex-conselheiros falaram sobre os desafios da nova gestão e sobre as conquistas do ano. Já os empossados comentaram sobre as expectativas para os próximos anos.

Evento da Funpresp-Jud debate reformas administrativa e previdenciária – O Café com Representantes da Funpresp-Jud realizado online no dia 13 de novembro abordou o tema “Consequências das Reformas Administrativa e Previdenciária”. O objetivo do encontro foi destacar importantes pontos que impactam a vida do servidor e de seus familiares. Edmilson Enedino das Chagas, Diretor de Seguridade, fez a apresentação, mediada por Paolla Dantas, Gerente de Comunicação e Marketing.

Edmilson fez um histórico sobre o serviço público antes da Lei 8.112/1990 e destacou importantes aspectos do projeto de reforma administrativa, dentre eles, a substituição das funções públicas por vínculos precários; a extinção da reserva de cargos em comissão para os servidores de carreira; os critérios mínimos de acesso e exoneração por ato do chefe de cada Poder; a regra da vedação de acumulação para cargos típicos; e as novas regras para criação e extinção de cargos, dentre outras propostas.

Sobre a Reforma da Previdência, Edmilson destacou o objetivo de alcançar o equilíbrio financeiro e atuarial para o sistema e lembrou que até 1993, os servidores não pagavam previdência, de forma que o sistema já nasceu deficitário. “Com o envelhecimento da população e as novas regras da previdência é preciso estar atento à ameaça. A reforma da previdência já causa impactos e, muitas vezes, o servidor só percebe quando algo ocorre com ele ou com alguém ao redor”, disse. Edmilson destacou a importância de não abrir mão de alternativas como a previdência complementar oferecida pela Funpresp-Jud e a Cobertura Adicional de Risco de Morte e/ou Invalidez (CAR).

O Diretor-Presidente da Funpresp-Jud, Amarildo Vieira de Oliveira, fez o encerramento do evento destacando a importância de se conversar com pessoas de todo o país sobre temas de interesse do servidor, da sua proteção e da proteção de sua família. Para ele, a reforma previdenciária impacta até o servidor do regime anterior, com direito à paridade, e as informações repassadas no evento tiveram como objetivo sensibilizar para os novos desafios. De acordo com Amarildo, aqueles que migraram para o Regime de Previdência Complementar e não aderiram à Funpresp-Jud, bem como aqueles que tiveram adesão automática e pediram cancelamento ainda podem rever as suas decisões e considerar a previdência complementar fechada e a CAR como oportunidades de proteção diante das mudanças das regras.

Estiveram presentes na live representantes do TJDFT, TST, TRT-1, TRT- 4, TRT-7, TRT-14, TRT-18, TRT-21, MPT, PRT-16, PR-PI e PR-SE, além de alguns Conselheiros da Funpresp-Jud.

 

Arthur Pires assume a Diretoria de Seguridade e Operações da PRhosper – Arthur Pires assumiu a Diretoria de Seguridade e Operações da PRhosper Previdência Rhodia. Graduado em Ciências Atuariais pela PUC-SP e com MBA Executivo pelo Insper, Arthur Pires possui 17 anos de experiência em previdência complementar, com certificação pelo ICSS e pela Anbima (CPA-20).

Ao longo de sua carreira profissional, atuou em fundos de pensão de empresas como Nestlé/Funepp e Itaú-Unibanco, além de consultoria de previdência e benefícios na KPMG e Mercer. Na PRhosper Previdência Rhodia, iniciou sua trajetória em 2018, como Coordenador de Operações. No dia 20 de outubro de 2020, o Conselho Deliberativo aprovou sua nomeação para Diretor de Seguridade e Operações da entidade.

Giro das Associadas: Vivest, Funpresp-Jud e Prevcom

Vivest registra rentabilidade de 6,27% no 3º trimestre – A rentabilidade consolidada da Vivest entre julho e setembro deste ano foi de 6,27%, mantendo praticamente o patamar do trimestre anterior, em que teve alta de 6,37%, e apontando significativa recuperação em relação ao primeiro trimestre do ano.

Os destaques ficaram por conta dos investimentos no exterior, com rendimentos de 12,9%, e dos investimentos em renda fixa, com 7,04% de retorno, sendo este o melhor desempenho do ano em comparação com o comportamento desses ativos nos dois trimestres anteriores. Ainda assim, a rentabilidade não foi suficiente para superar a meta atuarial do período, de 9,40%, que está atrelada ao IGP-M.

 

Funpresp-Jud seleciona gestores para fundos exclusivos – A Funpresp-Jud está em processo de seleção de instituições financeiras para fazer a gestão de um Fundo de Investimento Multimercado regido pela Instrução CVM nº 555/2014, aberto e exclusivo em nome da Funpresp-Jud. O processo de seleção de gestores será realizado no dia 27 de novembro, na sede da Funpresp-Jud, em Brasília.

Inicialmente, serão selecionadas até três instituições com volume financeiro inicial estimado de R$ 100 milhões para cada Fundo de Investimento Exclusivo. Também será formado cadastro reserva de até sete instituições.

A seleção ocorre de forma complementar ao processo licitatório Pregão Eletrônico nº 003/2020, Edital Funpresp-Jud nº 023/2020, o qual selecionou instituição financeira para a administração fiduciária de maneira centralizada dos recursos da Funpresp-Jud. As gestoras selecionadas assinarão contrato com o administrador definido pela Funpresp-Jud, condicionado à aprovação em processo de diligência.

 

Prevcom oferece prêmios por aportes voluntários e portabilidade – Os participantes dos planos da Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo (Prevcom) que realizarem os maiores aportes voluntários e portabilidade receberão prêmios na campanha Decole com a Prevcom. A ação tradicionalmente contemplava os ganhadores com pacotes de viagem, mas foi ajustada por conta do período atípico da pandemia.

As viagens foram substituídas por televisores da Samsung que serão entregues ao participante com salário acima do teto do INSS que tiver o maior valor em contribuições facultativas, e ao servidor com remuneração abaixo deste patamar que chegar ao final do ano como líder em aportes adicionais acumulados. Além disso, quem efetuar a portabilidade mais elevada levará para casa um notebook da Sony. Além disso, os participantes com benefícios de risco contratados junto à seguradora Mongeral Aegon ganham automaticamente 5 mil pontos.

Giro das Associadas: Previsc, Postalis e Funpresp-Jud

Previsc ganha novo patrocinador – A Previsc passou a administrar mais um plano de previdência, o PrevFiepa, plano de Contribuição Definida (CD) patrocinado pela Federação das Indústrias do Estado do Pará com mais de 400 participantes. Fundada em 1949, a Fiepa é a porta-voz dos interesses do setor industrial no Pará, participando ativamente de ações que determinam os rumos da economia do Estado. São filiados à Federação cerca de 40 sindicatos, que reúnem representantes dos variados segmentos produtivos e que tornam a entidade uma das principais instituições de classe da história do Pará.

A Previsc agora administra 18 planos de previdência de 39 patrocinadores e quatro instituidores nos segmentos da indústria, comércio e educação que estão localizados nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Maranhão, Pará e Amazonas, além do Distrito Federal. Com mais de 19 mil participantes, a entidade conta com um patrimônio de R$ 1,5 bilhão.

 

Diretor de Gestão Previdencial toma posse no Postalis – Carlos Alberto Zachert tomou posse como Diretor de Gestão Previdencial do Postalis em cerimônia virtual. Zachert foi escolhido por processo seletivo no mercado e assume mandato até 2024. Formado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo (RS), o Diretor possui especialização em Contabilidade Financeira pela Universidade de Brasília (UnB), MBA de Executivo em Finanças pelo IBMEC e é mestre em Economia pela Universidade Católica, também no Distrito Federal.

Zachert é funcionário da Caixa Econômica Federal, com 30 anos de atuação no banco, na CaixaPar e no fundo de pensão dos empregados da estatal, tendo sido coordenador do Comitê de investimentos, conselheiro fiscal e gerente de Investimentos da Funcef. Recentemente, atuava como Gerente de Negócios de Loterias na Caixa. Participaram da cerimônia o presidente do Conselho Deliberativo do Postalis, Celso José Tiago, o presidente do Instituto, Paulo Humberto de Oliveira, o diretor de Investimentos, Pedro Pedrosa, e demais conselheiros deliberativos da entidade.

 

Funpresp-Jud abre inscrições para cursos EAD – Estão abertas até o dia 13 de novembro as inscrições para as últimas turmas de 2020 dos cursos à distância (EAD) oferecidos pela Funpresp-Jud. São eles “Noções Básicas sobre Investimentos” e “Noções básicas sobre o Regime de Previdência Complementar (RPC) do servidor público federal”. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo site http://ead.funprespjud.com.br. Os inscritos terão até o dia 15 de janeiro para concluir as aulas.

O curso “Noções Básicas sobre Investimentos” possui carga horária de 30 horas e é considerado para a concessão do adicional de qualificação. Ele ajuda os participantes do plano de benefícios da Funpresp-Jud a entenderem melhor como os seus recursos são investidos pela fundação. Os módulos são distribuídos entre conteúdo e exercícios, e entre os assuntos abordados estão Política de Investimentos; Diretrizes para Investimentos; Gestão de Riscos; e Plano de Trabalho de Investimentos.

Já o curso “Noções básicas sobre o Regime de Previdência Complementar (RPC) do servidor público federal”, também com carga horária de 30 horas, possibilita aprender os conceitos básicos de previdência complementar, conhecer as pessoas que estão submetidas às regras do RPC e entender os regimes de tributação. O conteúdo é distribuído em cinco módulos: Introdução ao RPC; A Previdência Complementar dos servidores públicos; Plano de Benefícios JusMP-Prev; Sistema tributário aplicável à Previdência Complementar; e Normas legais e regulamentares.

Giro das Associadas: FIPECq, Funpresp-Jud e Postalis

Saiba o resultado das eleições da FIPECq Previdência –As Eleições 2020 para representantes escolhidos pelos participantes e assistidos da FIPECq Previdência para os Conselhos Deliberativo e Fiscal da entidade se encerraram na sexta-feira 23 de outubro, com a participação de 474 membros da entidade. O processo eleitoral transcorreu normalmente e os resultados foram homologados na quarta-feira, dia 28 de outubro, pela Comissão Eleitoral da FIPECq Previdência.

A chapa vencedora foi a União, com 434 de votos válidos; 23 votos brancos; e 17 votos nulos. Para o Conselho Deliberativo, foram eleitos como membros titulares Ada Cristina Vianna Gonçalves e Carlos Roberto Marton da Silva; e como suplentes Cláudia Maria Perasso Lourenço e Silvio Jardim de Oliveira Silva. Já para o Conselho Fiscal, o titular é Marcelo José Braga Nonnenberg, com Paulo Cesar Oliveira D’Almeida como suplente. A posse dos conselheiros está agendada para o dia 4 de dezembro

 

Funpresp-Jud apresenta resultado de Pesquisa de Clima Organizacional – O resultado da primeira Pesquisa de Clima Organizacional da Funpresp-Jud apresentou alto índice de favorabilidade geral, de 84,42%, conforme apresentação realizada por Ney Villa, da Quântica Consultoria, empresa contratada para a operacionalização da pesquisa. A pesquisa foi realizada de 30 de setembro a 2 de outubro de 2020, e contou com a participação de 86,11% dos empregados.

Na pesquisa, foram abordados temas como equipe de trabalho, liderança, capacitação, imagem e comprometimento, condições de trabalho, comunicação, relacionamento entre as áreas, qualidade de vida, estrutura e funcionamento da empresa, carreira, gestão do desempenho, remuneração e reconhecimento. Os resultados das respostas foram divididos em quatro grupos, sendo eles Resultado Favorável (acima de 75%), Resultado Satisfatório (62,5 a 75%), Resultado Transitório (50 a 62,49%) e Resultado Desfavorável (abaixo de 50%).

Dentre os itens com maior percentual de favorabilidade, destacaram-se o respeito entre as pessoas da equipe (97,58%); qualificações técnicas do chefe imediato (97,58%); e oportunidades de capacitação oferecidas que ajudam a melhorar o desempenho no trabalho (97,5%). Dentre os pontos de atenção está o oferecimento de canais de comunicação eficientes para expressar críticas, elogios e sugestões (67,24%); conhecimento sobre processos realizados nas demais unidades (65,83%); e pacote de benefícios compatível com o praticado pelo mercado (68,55%).

 

Postalis amplia força-tarefa – O procurador João Paulo Beserra da Silva foi designado como novo integrante da força-tarefa do Postalis, que busca recuperar prejuízos causados em gestões passadas da entidade. Atualmente lotado na Procuradoria da República na cidade baiana de Jequié, ele passará a atuar em conjunto com a procuradora Mirella de Carvalho Aguiar, que comanda a equipe de trabalho.

A atual direção do Postalis, que mantém ações próprias na Justiça e também participa como assistente de acusação junto a processos no Ministério Público Federal (MPF), celebra a decisão de ampliar a força-tarefa e reforça seu compromisso de apoio às Investigações. Desde a intervenção, a entidade conseguiu reincorporar R$ 346,5 milhões aos patrimônios dos planos BD e Postalprev. “Continuamos buscando negociar acordos e dar suporte às operações da Justiça para reparar os danos causados por antigos dirigentes”, destaca o presidente Paulo Humberto de Oliveira. “E, mais importante, hoje temos um Programa de Integridade e uma governança mais elaborada, visando evitar desvios no presente e no futuro do fundo de pensão”, complementa.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.