Escolha uma Página
Valor Econômico: Poupança familiar dispara e pode alavancar investimentos em infraestrutura

Valor Econômico: Poupança familiar dispara e pode alavancar investimentos em infraestrutura

A poupança das famílias deverá passar de 13,5% de suas rendas para 20,2% neste ano, estimam o Pesquisador do Instituto Brasiliense de Direito Público, José Roberto Afonso e o economista Thiago Abreu em matéria publicada nesta terça-feira, 13 de outubro, pelo Valor Econômico. Segundo os especialistas, o fenômeno representa uma reação à crise provocada pela Covid-19, que leva a um comportamento mais conservador.

Segundo dados do Banco Central, houve um ingresso líquido de R$ 13,2 bilhões em recursos na caderneta de poupança no mês de setembro de 2020. Com isso, o estoque superou pela primeira vez a marca de R$ 1 trilhão. Um outro indicador do aumento da poupança dos indivíduos e das famílias é o crescimento do número de CPFs na Bolsa. Um levantamento dos economistas mostra que o número de pessoas físicas inscritas na B3 saltou de 1,7 milhão em 2019 para 2,9 milhões em 2020.

Eles sugerem alterações no ambiente institucional e financeiro das Parcerias Público-Privadas (PPPs) para que os seja canalizada para investimentos, principalmente em infraestrutura. A proposta está no texto “A Poupança Precaucional da Covid-19: O Desafio de seu Aproveitamento”, que será publicado na revista Conjuntura Econômica, do Ibre/FGV.

A reportagem informa que os investimentos em infraestrutura têm ficado abaixo de 2% do PIB no Brasil desde 2001, enquanto o ideal seria se manter acima de 4,24% do PIB para evitar a depreciação do capital já existente. “Cabe construir um novo arranjo institucional e financeiro para compartilhar entre o setor público e privado projetos de investimento”, dizem os economistas.

Propostas Abrapp – O Pesquisador José Roberto Afonso tem elaborado nos últimos anos uma série de estudos e propostas para a Abrapp e para o setor de Previdência Complementar. Entre eles, destaca-se um conjunto de propostas de incentivo tributário para o fomento de planos de Previdência Complementar e um projeto de Lei de Proteção ao Poupador Previdenciário (LPPP) que deve ser apresentado no Congresso Nacional (leia mais).

(Colaborou Jorge Wahl)

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.