Escolha uma Página
Fundação Atlântico prepara lançamento de Plano Família para final de janeiro

Fundação Atlântico prepara lançamento de Plano Família para final de janeiro

A Fundação Atlântico prepara para o final deste mês o lançamento do Plano Família Atlântico, que conta com a Abrapp e a própria fundação como instituidores. O processo de criação do plano iniciou em 2019, com os estudos de viabilidade e pesquisa junto aos participantes da entidade. Assim, foi projetada uma escala de adesão e crescimento o mais próximo possível da realidade da fundação. “Nossos participantes já nos demandam a criação de um plano extensivo aos seus familiares há tempos. Com a aprovação da nossa proposta pelo Conselho Deliberativo, buscamos os parceiros para implantação do projeto, pois a nossa meta de lançamento foi bastante desafiadora: apenas 2 meses após a aprovação da Previc”, destaca Fernando Pimentel, Presidente da Fundação Atlântico, em entrevista ao Blog Abrapp em Foco.

Pimentel explica que a entidade optou por ter como instituidores a própria Fundação Atlântico e a Abrapp como uma forma de estender as adesões a um grupo bastante significativo de familiares de seus participantes. Ele ressalta que há uma expectativa de alcançar o maior número de adesões ao plano nos primeiros 12 meses de funcionamento. “O cenário está se mostrando bastante favorável e acreditamos que todo o nosso segmento se encontra otimista. Estamos acompanhando as matérias divulgadas na mídia referentes ao aumento de adesões a planos de previdência, ainda durante a pandemia, e fomos buscar nossos próprios números”, diz.

Atratividade – Em pesquisa realizada em julho, a Fundação Atlântico apurou que o sentimento da necessidade de seus participantes pouparem para enfrentar imprevistos aumentou para 60%. “Com a flexibilidade de resgates parciais, opções de perfis de investimento e as taxas vantajosas, já que não temos fins lucrativos, acreditamos que esta será uma excelente opção de investimento para o futuro”. Pimentel avalia ainda que o grande diferencial de escolha dos participantes é a credibilidade da entidade que irá administrar esses recursos. “Em nossa pesquisa de imagem, a Atlântico foi considerada uma instituição confiável e prudente por 97% dos participantes. Essa segurança vem sendo construída durante 16 anos”, complementa.

Outro ponto destacado por Pimentel é o Programa de Educação Financeira e Previdenciária da entidade, o Renda Mais. “Estamos mantendo uma comunicação contínua e consistente para levar informações e ferramentas aos nossos participantes, de forma a ajudá-los a compreender mais sobre assuntos do mercado financeiro, previdência, tributação e perfis de investimento, e também a pensar de forma mais responsável e consciente no curto, médio e longo prazo. Fazemos escolhas todos os dias e é a educação financeira que nos ajuda a tomar decisões inteligentes”.

Digitalização – Fernando Pimentel ressalta que a gestão da Fundação Atlântico está cada vez mais focada em mudança e inovação, e um dos grandes desafios é lidar com uma disponibilidade digital bem maior, o que exige um acompanhamento crescente das demandas pelas equipes em relação à adesão online, chat, aplicativo, portal e e-mail. “Como já temos uma oferta robusta de serviços para os outros planos, estamos fazendo a implantação com a maior parte dos parceiros atuais. Estamos desenvolvendo vários projetos com nossos parceiros de tecnologia para que, com essa disponibilidade digital, os serviços sejam entregues de forma ininterrupta. É um momento de grande aprendizado para todo o nosso time”, complementa.

Fibra prepara lançamento de plano família para dezembro

Fibra prepara lançamento de plano família para dezembro

A Fundação Itaipu (Fibra) acabou de receber aprovação da Previc para seu Plano Família, instituído em parceria com a Abrapp. A entidade está na reta final para lançamento, com adequação do site e aplicativo para adesão ao plano, que será 100% digital. A estimativa é que o lançamento ocorra na primeira semana de dezembro. Em entrevista ao Blog Abrapp em Foco, Andréa Medeiros, Diretora Superintendente da Fibra, destacou que a ideia do plano família surgiu em 2018, quando o planejamento estratégico da entidade colocou como um dos seus objetivos ampliar o acesso à previdência. “Temos atualmente apenas um plano patrocinado, que é o da Itaipu Binacional, e pensamos em como ampliar nossa abrangência sem deixar de acolher nosso público principal”, explicou.

Assim, começou-se a estruturar o plano família dentro da entidade, que precisava ainda fazer um ajuste em seu estatuto para permitir a inclusão de instituidores. “Fechamos essa discussão ao longo do ano de 2019, tivemos um processo de aprovação do novo estatuto e quando a Previc aprovou nossa alteração estatutária, já estávamos fazendo o estudo de viabilidade do plano família”, disse Andréa. Ela explicou que nesse processo, uma das alternativas era a Fibra ser instituidora, mas isso colocaria um limitador: apenas dependentes legais poderiam aderir ao plano. “Optamos pelo convênio com a Abrapp, para oferecer o plano aos familiares dos participantes, até o 4° grau de parentesco. Com o apoio de todos na Associação, o Conselho Deliberativo da Fibra aprovou o regulamento do plano no início deste ano”.

Expansão – O Plano Instituído Família Itaipu Setorial foi aprovado pela Previc em outubro. Andréa explicou que a entidade possui uma demanda reprimida de pessoas que querem aderir a um plano de previdência. O estudo de viabilidade feito pela Fibra estima, no prazo de 5 anos, a adesão de 3 mil participantes ao plano. “Essa projeção é bem moderada e conservadora, e demonstrou haver condições efetivas de criarmos o plano. Esse é o primeiro passo para o crescimento da Fibra”, disse Andréa.

A Diretora da Fibra destacou que para o sistema de previdência complementar, os planos família são uma ferramenta para atender um público que hoje não tem acesso à previdência. “Temos um público extremamente necessitado desse serviço, somos bons pagadores de benefícios, temos expertise em gestão, e os planos família vieram como oportunidade para o setor oferecer esse serviço de qualidade, que já exercem para suas patrocinadoras, também para esse público”, reforçou Andréa.

Ela explicou que para 2021, a ideia é lançar novos planos voltados às demais fundações da Itaipu: a Fundação de Saúde Itaiguapy e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu. “A Fibra foi criada para fazer gestão do plano de previdência patrocinado dos empregados da Itaipu Binacional. O nosso plano de expansão inclui, além do Plano Família Itaipu Setorial, para familiares de participantes, planos para as outras fundações da patrocinadora. Ainda estamos estudando, do ponto de vista jurídico, como seria a estrutura desses planos”, complementou Andréa.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.