Escolha uma Página
CT de RH da Abrapp trabalha em respostas inovadoras ao sistema previdenciário

CT de RH da Abrapp trabalha em respostas inovadoras ao sistema previdenciário

A Comissão Técnica (CT) de Recursos Humanos da Abrapp passou por um ano de 2020 altamente produtivo, resultando em diversas ações que levaram às Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC) uma nova forma de visualizar a gestão de pessoas dentro de suas estruturas. Para 2021, esse trabalho deve continuar se intensificando com a discussão de temas relevantes para a área de RH dentro do segmento previdenciário.

Em entrevista ao Blog Abrapp em Foco, a Coordenadora da CT de Recursos Humanos da Abrapp, Simone Castelão, destaca que a Comissão vem tentando trabalhar em respostas inovadoras voltadas ao sistema. “Temos feito ações pautadas nos objetivos do planejamento estratégicos da Abrapp elaborado em 2020. Realizamos reuniões mensais no ano passado, saindo do protocolo das reuniões trimestrais, pois estávamos vivenciando um momento de compartilhar e discutir ações fundamentais voltadas para gestão de pessoas. Foram encontros muito produtivos e tivemos grandes projetos construídos”, lembra Simone. A CT de RH da Abrapp tem como responsável a Diretora da Abrapp Claudia Trindade.

Entre os projetos resultantes dos trabalhos da CT em 2020 está a pesquisa com as sobre o plano de retorno às atividades presenciais diante de um período em que as EFPC tiveram que migrar para o home office devido ao isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19. A partir dessa pesquisa, a Comissão elaborou um e-book com reflexões sobre o que foi mapeado na pesquisa, da qual participaram 90 entidades. Chamado de “Brainstorm Digital: Sua entidade está preparada para o retorno ao presencial?”, o material foi desenvolvido pelo comitê, em parceria com a Abrapp, com o objetivo de apoiar as entidades na transição do trabalho remoto para o presencial. (Saiba mais)

Além disso, foi lançado o livro digital “Reflexões sobre o Teletrabalho – Home Office nas EFPC” em parceria com a Comissão Técnica de Assuntos Jurídicos, com contribuições às entidades sobre como instituir as práticas mais adequadas de trabalho remoto, as quais devem ser avaliadas por cada fundação devido à heterogeneidade do setor.

A Comissão realizou ainda um webinar sobre gestão de pessoas e liderança nas entidades, voltado para o “novo normal” decorrente do cenário atual. Para Simone, apesar das adversidades trazidas pela pandemia, ela trouxe oportunidades para que fosse colocado cada vez mais em pauta o tema de gestão de pessoas. “Conseguimos discutir muito os assuntos em voga. Vimos que as entidades estavam passando por determinados problemas e tivemos oportunidade de debater mais sobre isso”. Segundo Simone, a área de gestão de pessoas teve um novo posicionamento dentro das empresas, sendo reconhecida como uma área estratégica.

Agenda de 2021 – Para este ano, o tema de gestão de pessoas continua e precisa ser intensificado, avalia Simone. “As relações trabalhistas precisam ser repensadas, pois muitas empresas vão adotar o trabalho de forma híbrida e precisaremos retomar a questão do teletrabalho e home office”. Ela reitera que temas como benefícios flexíveis, inovação para a área de gestão de pessoas, transformação digital e canais de relacionamento com empregados devem ser pautas de 2021.

A CT está elaborando também um projeto de engajamento das entidades; um material para disseminação da cultura comercial pautado em processos, produtos e pessoas; e a construção de uma matriz de competências técnicas e comportamentais em parceria com o ICSS, com o objetivo de auxiliar na ampliação do processo de capacitação e renovação da certificação profissional por meio de temas educacionais para diferentes áreas de negócios das entidades.

“Para este ano, temos um encontro dos profissionais de RH previsto para o final de junho e estamos também trabalhando em um projeto de pesquisa salarial para o sistema previdenciário, que é algo que vínhamos fazendo a cada 2 anos com uma consultoria, mas queremos construir um projeto próprio para o sistema”, destaca Simone, reiterando que novas ideias e pautas devem surgir ao longo das reuniões da comissão nos próximos meses.

E-book aborda reflexões sobre o teletrabalho e home office nas EFPC

E-book aborda reflexões sobre o teletrabalho e home office nas EFPC

O livro digital “Reflexões sobre o Teletrabalho – Home Office nas EFPC” está disponível para download gratuito. A publicação foi elaborada pelo Comitê de Recursos Humanos da Abrapp em parceria com a Comissão Técnica de Assuntos Jurídicos, e traz contribuições às entidades sobre como instituir as práticas mais adequadas de trabalho remoto, as quais devem ser avaliadas por cada fundação devido à heterogeneidade do setor.

O e-book tem como objetivo levar aos profissionais encarregados de elaborar e implementar esse tipo de ação nas entidades informações e um roteiro com abordagem prática sobre os principais pontos atinentes a essa temática. 

“O cenário da pandemia exigiu que entidades, lideranças e seus profissionais adotassem novos hábitos e rotinas. Além de terem que se adaptar rapidamente às mudanças e novas formas de se relacionar, o que representará um legado permanente para o mundo corporativo. O momento requer flexibilização, transformação, criatividade, ousadia e resiliência, para que as entidades continuem crescendo e cumprindo seus compromissos”, diz a introdução.

O conteúdo do livro digital é segregado em duas partes, sendo que a primeira aborda um estudo sobre aspectos trabalhistas que concernem as práticas de home office, podendo subsidiar a elaboração de documentos formais e normativos internos sobre o assunto.

Já a segunda parte da publicação contém dicas de ordem prática voltadas aos gestores, parceiros de negócios e equipes de RH das EFPC. Faça aqui o download do e-book na íntegra.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.