Escolha uma Página

Comissão de Estratégias e Criação de Valor lança guias durante Encontro

por | out 1, 2020 | Blog

EncontroEstratégias

No momento ​Insights – Trocar Para Somar do 2º Encontro Nacional de Estratégias e Criação de Valor, foram apresentados os trabalhos de três bases regionais da Comissão de Estratégias e Criação de Valor, com temas relevante para se auxiliar na preparação para a aposentadoria, abordando a educação financeira e previdenciária e boas práticas diante desse tema. Dois guias foram lançados e um projeto em andamento foi apresentado durante o Encontro, iniciado nesta quinta-feira, 1º de outubro, com realização da Abrapp e apoio institucional do Sindapp, ICSS, UniAbrapp, e Conecta. Com um público on-line de 500 pessoas, o evento foi organizado com apoio do Colégio de Coordenadores de Estratégias e Criação de Valor da Abrapp. Confira aqui a abertura do evento.

Programa de Preparação para Aposentadoria

Luciana Ribeiro, Coordenadora da Comissão Centro-Norte de Estratégias e Criação de Valor da Abrapp, apresentou o Programa de Preparação para Aposentadoria, construído na época em que Lucas Nóbrega era responsável pela comissão, com auxílio ainda de Marisa Santoro Bravi, Secretária Executiva da CT Estratégias e Criação de Valor. O programa surgiu de um workshop criado em 2018 pela comissão, que teve um retorno positivo. Posteriormente, a ideia foi criar um guia de preparação para aposentadoria para distribuir entre entidades e patrocinadoras. “Se a patrocinadora não se engajar e não tomar iniciativa, certamente o programa nao vai pra frente, e com a experiência do grupo, vimos que podem ser feitas ações pontuais com foco em diferentes públicos”.

O programa congrega conjuntos de sugestões para que a própria patrocinadora faça um programa de aposentadoria de acordo com seu cenário e público. “Assim, para poder iniciar esse trabalho, foi feita uma pesquisa para que fosse possível traçar as personas para que se consiga fazer ações personalizadas. No programa, foram traçados quatro perfis: 25 anos, 35 anos, 45 anos e 55 anos”, disse Luciana. Depois, foram segregadas as ações em três diretrizes. “As entidades focam muito na educação financeira e previdenciária, mas esse é apenas um pilar de preparação para aposentadoria. É preciso planejar esses gastos futuros”.

Por isso, o primeiro pilar é o de relacionamento, onde é abordado psicologia, família, sobrenome corporativo e ninho vazio. O próximo pilar é o bem-estar, onde são abordadas questões relacionadas à saúde, alimentação, possibilidade de atuação, cultura e lazer. Por último, entra o pilar da educação financeira e previdenciária, visando disciplina para prover mais qualidade de vida na aposentadoria. “Precisamos fazer com que a patrocinadora compre a ideia de ter um programa de preparação para aposentadoria”, finalizou Luciana.

O guia será lançado no dia 21 de outubro, às 15h, por meio de webinar a ser divulgado.

​​Futuros Poupadores

Laura Jane B. De Lima, Coordenadora da Comissão Nordeste de Estratégias e Criação de Valor da Abrapp, apresentou o Guia de Educação Financeira Futuros Poupadores, que aborda a questão da educação para o adolescente e para a criança, convidando o adulto a educá-los.Ela destacou que no Brasil ainda há muito para evoluir na questão da educação financeira e isso se reflete necessariamente na questão da poupança da população. “As pessoas, por não terem educação financeira, também não investem em economizar para o futuro, ver e guardar um pouco para se usar no ciclo de vida”, disse Laura.

Segundo ela, o principal argumento das pessoas para não economizarem para o futuro é que o dinheiro não sobra. “E isso é uma meia verdade, pois a questão da reserva está relacionada às prioridades dadas ao dinheiro. Precisamos ter essa prioridade de poupar e é essa preocupação que as entidades precisam ter”, destacou Laura. “Apesar desse tema ser discutido nas entidades, ele precisa ser cada vez mais fortalecido. Começamos a discutir isso com foco quando a antiga Secretaria de Previdência Complementar (SPC), hoje Previc, criou programas de educação financeira e previdenciária, incentivando entidades a implantarem os projetos”, disse.

Com o tempo, isso foi se ampliando até que em 2014 a própria Previc deixou de fazer isso.
“Esse fato trouxe a ideia, dentro da Comissão Técnica, de elaborar um material que pudesse provocar essa questão. A cultura previdenciária passa pela educação financeira e precisamos conversar sobre essa questão, trazendo-a cada vez mais para perto de nós, precisando estar no centro das estratégias de comunicação e marketing das entidades. Assim, conseguimos reverter o baixo interesse pelas questões relacionadas ao dinheiro”.

O desafio também está com os planos família, nos quais muitas entidades estão investindo, levando a previdência para dentro de casa, e Laura disse que para que eles sejam efetivos, é preciso educar para que o adulto veja a solução para a questão dos seus dependentes. “Mas não é somente previdência para aposentadoria, mas também para sonhos, ter um dinheiro guardado para uma criança possa ter uma qualidade de vida melhor no futuro. Isso passa pela educação dos responsáveis e pelo futuro das crianças”.

Pensando isso tudo, foi elaborado o Guia de Educação Financeira Futuros Poupadores, que parte de quatro pilares: ganhar, gastar, poupar e adorar. “Todos eles são detalhados, com exemplos práticos, mostrando a questão da educação financeira sob essa perspectiva. Mas para isso, é preciso que o adulto internalize para poder educar”, ressaltou Laura. O guia será disponibilizado em versões PDF e HTML, podendo ser compartilhadas e utilizadas por todas as associadas da Abrapp. “O conhecimento deve ser distribuído. Quanto mais gente educada e financeiramente equilibrada, melhor”.

Boas Práticas: Ações de Educação Financeira e Previdenciária

Gilmar Barbosa, Coordenador da Comissão Sul de Estratégias e Criação de Valor da Abrapp, contou que o Guia Boas de Práticas: Ações de Educação Financeira e Previdenciária está sendo preparado para ser lançado em breve. Sua elaboração iniciou em 2019, após a comissão perceber que a educação financeira e previdenciária ainda é um tema a ser bastante discutido. “Temos muito a fazer. A educação financeira e previdenciária oferece qualidade de vida aos participantes e assistidos, e o compromisso de uma EFPC tem o viés de educação, pois temos que dar conhecimento aos participantes para que, quando ele chegue na gestão de patrimônio, possa tomar a decisão correta”.

Assim, a responsabilidade de uma EFPC, pontuou Gilmar, vai além das rotinas operacionais, tendo que auxiliar no processo de decisão tanto financeira quanto previdenciária. “Devemos incorporar dentro das entidades a preparação para aposentadoria. Temos um processo para educar, e depois, para ajudar o participante a administrar o benefício. Isso é do contexto de todos: patrocinador, entidade e sociedade em geral. A educação previdenciária é um caminho para auxiliar a sociedade sobre essa necessidade de poupar”, disse.

A Regional Sul identificou que ainda às vezes pequenas entidades acreditam que não conseguem estruturar ações de educação, mas pequenas ações também fazem diferença. “Na Regional Sul, temos diversos tipos de porte de entidades, e cada uma dela faz suas ações de forma diferenciadas, mas todas têm o objetivo de educar. Muitas das pequenas ações, até as grandes ações, podem ser compartilhadas e até adaptadas à realidade de cada entidade”, disse Gilmar, reiterando que, por isso, a Comissão de Estratégias e Criação  de Valor decidiu reunir profissionais permitindo maior interação e compartimentado de ideias, dando contribuição ao segmento.

O propósito do guia é permitir que todos tenham o mesmo nível de conhecimento, independente do porte. “As ações citadas congregam entidades de cada estado, entre eles Paraná, com Fusan; Fundação Copel, Fibra, e Fundação Mais Futuro; Santa Catarina, com o know how de 14 entidades, unificando os enforcements no Programa Integrado A Escolha Certa, com vídeos, site, ações para novos participantes, campanhas de adesão, palestras, entre outras; e do Rio Grande do Sul, com entidades como Fundação Família Previdência, FAPA e Fapers”, complementou Gilmar. O guia será lançado nas próximas semanas.

Continue acompanhando a cobertura do evento no Blog Abrapp em Foco. O 2º Encontro Nacional de Estratégias e Criação de Valor tem o Patrocínio Ouro de Base Viral, MAG, mLabs e Startse; e Patrocínio Prata da Maturi.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.

Shares
Share This