Escolha uma Página

Giro das Associadas: Valia, Fundação Copel, Funpresp-Jud e PRhosper

Valia participa da Semana ENEF – Pelo quarto ano consecutivo, a Valia participará da Semana Nacional de Educação Financeira – Semana ENEF, iniciativa que visa promover a educação financeira, securitária, previdenciária e fiscal no Brasil por meio de ações gratuitas realizadas por entidades públicas e privadas relacionadas ao tema. A Semana ENEF será realizada de 23 a 29 novembro e terá como tema: “Resiliência financeira: como atravessar a crise?”.

A Valia oferecerá um conteúdo diferente para cada dia do evento e tem como destaques quatro videoaulas com especialista em bem-estar, longevidade e prosperidade, e três lives sobre “Saúde financeira na pandemia”, “Uma jornada pelos investimentos” e “Como usufruir ao máximo do Benefício Fiscal de Imposto de Renda com a sua providência”. Todas as atividades serão exibidas nas redes sociais da Valia.

“Nosso propósito é ajudar as pessoas na construção de um futuro mais digno e sustentável e a educação financeira é um dos pilares principais para se alcançar esse objetivo. Temos muito orgulho de participar de um evento tão importante, de abrangência nacional, e sabemos da nossa responsabilidade em fomentar e democratizar a educação financeira”, destaca Elisabete Teixeira, Diretora de Seguridade da Valia.

Fundação Copel empossa membros Conselho Deliberativo – No dia 13 de novembro, foram empossados os novos conselheiros Marcos Antonio Brenny, Nivia Mara Lubas e Lindolfo Zimmer no Conselho Deliberativo da Fundação Copel. Estavam presente na cerimônia a Diretoria Executiva, o Presidente do Conselho Deliberativo, Hemerson Luiz Barbosa Pedroso, e os atuais conselheiros Luis Gustavo Socher e Cassio Vargas Pinto, bem como os ex-conselheiros Américo Antonio Gaion, Carlos Eduardo Felski e Roberto Pontedura.

Os ex-conselheiros falaram sobre os desafios da nova gestão e sobre as conquistas do ano. Já os empossados comentaram sobre as expectativas para os próximos anos.

Evento da Funpresp-Jud debate reformas administrativa e previdenciária – O Café com Representantes da Funpresp-Jud realizado online no dia 13 de novembro abordou o tema “Consequências das Reformas Administrativa e Previdenciária”. O objetivo do encontro foi destacar importantes pontos que impactam a vida do servidor e de seus familiares. Edmilson Enedino das Chagas, Diretor de Seguridade, fez a apresentação, mediada por Paolla Dantas, Gerente de Comunicação e Marketing.

Edmilson fez um histórico sobre o serviço público antes da Lei 8.112/1990 e destacou importantes aspectos do projeto de reforma administrativa, dentre eles, a substituição das funções públicas por vínculos precários; a extinção da reserva de cargos em comissão para os servidores de carreira; os critérios mínimos de acesso e exoneração por ato do chefe de cada Poder; a regra da vedação de acumulação para cargos típicos; e as novas regras para criação e extinção de cargos, dentre outras propostas.

Sobre a Reforma da Previdência, Edmilson destacou o objetivo de alcançar o equilíbrio financeiro e atuarial para o sistema e lembrou que até 1993, os servidores não pagavam previdência, de forma que o sistema já nasceu deficitário. “Com o envelhecimento da população e as novas regras da previdência é preciso estar atento à ameaça. A reforma da previdência já causa impactos e, muitas vezes, o servidor só percebe quando algo ocorre com ele ou com alguém ao redor”, disse. Edmilson destacou a importância de não abrir mão de alternativas como a previdência complementar oferecida pela Funpresp-Jud e a Cobertura Adicional de Risco de Morte e/ou Invalidez (CAR).

O Diretor-Presidente da Funpresp-Jud, Amarildo Vieira de Oliveira, fez o encerramento do evento destacando a importância de se conversar com pessoas de todo o país sobre temas de interesse do servidor, da sua proteção e da proteção de sua família. Para ele, a reforma previdenciária impacta até o servidor do regime anterior, com direito à paridade, e as informações repassadas no evento tiveram como objetivo sensibilizar para os novos desafios. De acordo com Amarildo, aqueles que migraram para o Regime de Previdência Complementar e não aderiram à Funpresp-Jud, bem como aqueles que tiveram adesão automática e pediram cancelamento ainda podem rever as suas decisões e considerar a previdência complementar fechada e a CAR como oportunidades de proteção diante das mudanças das regras.

Estiveram presentes na live representantes do TJDFT, TST, TRT-1, TRT- 4, TRT-7, TRT-14, TRT-18, TRT-21, MPT, PRT-16, PR-PI e PR-SE, além de alguns Conselheiros da Funpresp-Jud.

 

Arthur Pires assume a Diretoria de Seguridade e Operações da PRhosper – Arthur Pires assumiu a Diretoria de Seguridade e Operações da PRhosper Previdência Rhodia. Graduado em Ciências Atuariais pela PUC-SP e com MBA Executivo pelo Insper, Arthur Pires possui 17 anos de experiência em previdência complementar, com certificação pelo ICSS e pela Anbima (CPA-20).

Ao longo de sua carreira profissional, atuou em fundos de pensão de empresas como Nestlé/Funepp e Itaú-Unibanco, além de consultoria de previdência e benefícios na KPMG e Mercer. Na PRhosper Previdência Rhodia, iniciou sua trajetória em 2018, como Coordenador de Operações. No dia 20 de outubro de 2020, o Conselho Deliberativo aprovou sua nomeação para Diretor de Seguridade e Operações da entidade.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.