Escolha uma Página
Previdência e saúde: Abrapp e Unidas discutem parcerias em marco de aproximação entre os setores

Previdência e saúde: Abrapp e Unidas discutem parcerias em marco de aproximação entre os setores

Os Presidentes de Abrapp, UniAbrapp, ICSS e Unidas – União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde – participaram de reunião, realizada na última quarta-feira (21), que marcou o firme propósito de aproximação entre as associações para iniciativas de compartilhamento e cooperação.

A aproximação, presente no planejamento estratégico das entidades, destacou principalmente, neste momento, áreas como capacitação, certificação profissional e Autorregulação.

O Diretor-Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins, ressalta a importância do diálogo entre as instituições e a complementaridade dos segmentos de atuação. As duas associações possuem, inclusive, filiadas em comum: entidades que fazem a gestão de previdência e de saúde.

“Há vários temas relevantes para discutirmos em parceria, como CNPJ para Plano de Saúde, capacitação e certificação. Eles querem muito aproveitar a estrutura oferecida por Abrapp, UniAbrapp e ICSS e levar esse know-how para a área de autogestão”, ressalta Luís Ricardo. Ele acrescenta que fornecer assistência e proteção está no DNA do segmento.

O Presidente da Unidas, Anderson Mendes, avalia que a reunião foi um marco. “Estou na Unidas há muitos anos e é talvez a reunião mais forte que tivemos, com o propósito de realmente fazer acontecer esse compartilhamento. Já saímos com uma agenda e a intenção de transformar esse propósito e ideias em ações que realmente reflitam em melhor qualidade de serviços para nossas filiadas”.

Anderson ressalta que saúde e previdência são assuntos importantes para a população, principalmente para o público maduro, que mais precisa de previdência complementar e plano de saúde. “Então, tem tudo a ver Unidas e Abrapp compartilharem e trabalharem para melhorar o dia a dia desses beneficiários. Como? Ajudando nossas filiadas, as  entidades que cuidam da previdência privada e as autogestões que cuidam da saúde de diversas dessas pessoas”.

Autorregulação e inovação – O Presidente da Unidas destaca a Autorregulação e a área de inovação como outros pontos fortes para a parceria. “Vemos a Autorregulação como um item muito interessante para podermos iniciar e que a Abrapp possui maturidade. Compartilhar um pouco como isso tem ajudado, como foi construído e como podemos replicar de alguma forma essas ações“.

Já na área de inovação, ele ressalta que a Unidas lançou a plataforma de compartilhamento de serviços de saúde entre autogestões, modelo que pode ser de interesse para a Abrapp. “Há diversas iniciativas que podem ser feitas em comum, Unidas e Abrapp, e todos saírem ganhando”.

Formação e certificação – A forte relação entre previdência e saúde também é destacada pelo Presidente do Conselho Diretor do ICSS, Guilherme Leão. Ele lembra dado citado na reunião, de que 50 a 70% da renda média dos aposentados se destina ao pagamento do plano de saúde. “A qualidade de vida previdenciária requer equilíbrio com a saúde”.

O Presidente do ICSS acrescenta que na área de saúde a relação do passivo financeiro é complexa e diferente do lado do ativo, o que exige gestão técnica e especializada por parte dos dirigentes. “Assim como na previdência complementar, quanto maior a profissionalização e capacitação desses profissionais, maior a segurança para os participantes”.

Cláudia Trindade, representante da Abrapp na Comissão Técnica Mista com a Unidas, destaca que levantamento recente identificou que 25 associadas da Abrapp tocam tanto a gestão de previdência quanto de saúde. “Após essa reunião de aproximação, vamos detalhar os planos sobre as iniciativas que poderemos desenvolver em conjunto”.

No campo da formação, o Diretor-Presidente da UniAbrapp, Luiz Paulo Brasizza, observa que a Universidade está terminando sua fase de consolidação no mercado de previdência complementar fechada e agora inicia um caminho de expansão junto a segmentos próximos, como planos de saúde e RPPS.

“Entendo que é um caminho natural, pois estes segmentos têm muito a ver com nosso dia a dia no que se refere a governança e boas práticas, inclusive o preparo para certificações. É uma mudança que já vem sendo discutida há tempos com a Diretoria da UniAbrapp e será feita de forma segura e consistente”, completa Brasizza.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.