Escolha uma Página

Giro das Associadas: Infraprev, Serpros e Celos

Infraprev empossa nova Diretora de Administração e Finanças – O Infraprev concluiu o processo seletivo realizado para selecionar no mercado sua Diretora de Administração e Finanças. Daniela Melo assumiu o cargo no dia 29 de Outubro. Até então, a Diretoria vinha sendo acumulada pela Diretora Superintendente da entidade, Juliana Koehler.

Realizado por uma consultoria especializada em recursos humanos, o processo de seleção teve início em julho e seguiu a Política de Sucessão Interna em vigor desde 2017. Graduada em economia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Daniela Melo tem também MBA Executivo em Finanças pelo Ibmec. A diretora acumula 23 anos de experiência nas áreas financeira e de investimentos em fundos de pensão de grandes empresas multinacionais (como a Vale, IBM e Grupo Enel), incluindo a atuação como Administrador Estatutário Tecnicamente Qualificado (AETQ). Ela é membro da Comissão Técnica Regional de Investimentos da Abrapp e certificada pela Anbima (CPA-20). Seu mandato seguirá até 17 de julho de 2023.

Com a chegada de Daniela, a Diretoria do Infraprev volta a ser composta somente por mulheres, como na gestão anterior. Ao lado de Juliana e Daniela, Ana Lúcia Esteves comanda a Diretoria de Benefícios.

 

Serpros realiza série de lives sobre aposentadoria – “Vou aderir ao PDV. E agora?” é o nome da série de lives que a equipe do Serpros preparou aos participantes que aderiram ao Plano de Desligamento Voluntário (PDV), oferecido pelo Serpro em 2020, e planejam se aposentar em breve. Os primeiros vídeos estão disponíveis no site e no canal no YouTube do entidade.

Os eventos virtuais aconteceram nos dias 3, 4 e 5 de novembro e reuniram centenas de participantes, que enviaram suas dúvidas pelo chat para serem respondidas ao vivo pelo Gerente de Benefícios e Atuarial, Orlando Orofino. As perguntas que não foram respondidas ao vivo permanecem em análise com os nossos consultores para serem respondidas por e-mail.

 

Celos lança consulta para versão 15 do regulamento do Plano Misto – A Fundação Celesc de Seguridade Social (Celos) está promovendo consulta para aprovação da Alteração do Regulamento do Plano Misto de Benefícios Previdenciários – Versão 15. O material foi elaborado a partir de demandas advindas dos próprios participantes e do Conselho Deliberativo, com ajustes para melhor compreensão textual, além de ajustes operacionais.

Os Participantes podem acessar o material no site da Celos e fazer observações e sugestões até 11 de dezembro. Dentre os destaques do novo regulamento está a inclusão da possibilidade de inscrições no Plano por meio eletrônico, assim como a previsão de exclusão dos participantes que estiverem inadimplentes por 3 meses consecutivos com as suas contribuições previdenciárias, alterando o texto que previa somente as contribuições normais.

Outra novidade é a possibilidade de antecipação provisória da pensão por morte, em valor equivalente a 50% do benefício definitivo por um período de, no máximo, 3 meses. As regras estão detalhadas no documento. O regulamento prevê também que o assistido, desde que inscrito na Versão 14, realize contribuição voluntária, de caráter mensal e/ou esporádica, não obrigatória, destinada exclusivamente a sua CIAP (Conta Individual de Aposentadoria). O propósito é estimular a poupança previdenciária, permitindo o depósito de recursos advindos de programas de desligamento voluntário das patrocinadoras, mesmo após a opção pela aposentadoria.

Giro das Associadas: Serpros, Funpresp-Jud e Celos

Serpros divulga vídeo com orientações para futuros aposentados – Em vídeo do Canal Direto com a Diretoria, os diretores do Serpros, Ana Costi, Carlos Luiz e Sérgio Vieira auxiliam os futuros aposentados a tomarem as melhores decisões sobre o seu benefício. “Estamos aqui para colocar toda a casa, todo o Serpros, toda a nossa equipe à disposição para os esclarecimentos necessários para que você tome a melhor decisão que vá lhe trazer felicidade”, informa a Presidente do Serpros, Ana Costi.

Para aqueles que vão se desligar e estão elegíveis a se aposentar pelo Serpros, a página Aposente-se com Segurança contempla todas as informações necessárias para que o futuro aposentado solicite o seu benefício ou instituto no PS-I ou no PS-II.Na página especial também está publicado o e-book Serpros esclarece – Aposentadoria com orientações para quem vai aderir ao PDV.

Funpresp-Jud lança série no Youtube sobre LGPD – A Funpresp-Jud lançou em seu canal no YouTube uma série sobre a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Durante cinco episódios serão destacados alguns pontos importantes para os participantes do plano JusMP-Prev e para a população em geral, como os objetivos da lei; os princípios que devem ser observados nas atividades de tratamento de dados pessoais, os conceitos de tratamento e operação de dados, quem são os agentes de tratamento de dados, direitos e consentimento do titular, dentre outros temas.

Durante a série também será possível saber como a Funpresp-Jud administra os dados dos participantes e conhecer algumas ações que foram realizadas pela Fundação para garantir o cumprimento da lei. Os episódios serão postados até o dia 19 de novembro, sempre às quintas-feiras, às 16 horas.

 

Planos da Celos têm resultado acumulado positivo em 2020 – Apesar da performance negativa dos planos da Fundação Celos no mês de setembro, com rentabilidade de -0,84% do Plano Misto e -1,00% do Plano Transitório, o resultado acumulado de 2020 continua positivo. No acumulado, o Plano Misto rentabilizou o equivalente a 220% do CDI no ano, enquanto que o Plano Transitório rentabilizou o equivalente a 142% do CDI no mesmo período.

Em setembro, além do desempenho negativo da bolsa de valores e dos títulos públicos marcados a mercado, com reflexo em todo o mercado, os planos foram impactados por uma decisão arbitral envolvendo o FIP Brasil Equity Properties (antigo FIP GEP), investido pela Celos em 2008, e em processo de liquidação. Esse era o maior passivo/risco do FIP. O impacto desta decisão arbitral foi em cerca de R$ 30 milhões, e segundo a fundação, já há encaminhamento pela busca de reparação para este dano, incluindo seu antigo gestor e administrador.

Em contrapartida, houve outra decisão arbitral favorável ao FIP, com impacto positivo previsto para os próximos meses. O direcionamento para este segmento continua sendo de redução, sendo que, em dezembro de 2013, a classe de FIPs representava cerca de 20% das carteiras dos planos Misto e Transitório e atualmente essa classe representa cerca de 9%. Este movimento, junto com a busca por novos investimentos em fundos imobiliários e no exterior, vai em linha com uma maior diversificação e mitigação de risco da carteira de investimentos da entidade.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.