Escolha uma Página
Regional Sudoeste: Conecta apresenta atividades do Hupp, soluções de parceiros e Central de Serviços para associadas da Abrapp

Regional Sudoeste: Conecta apresenta atividades do Hupp, soluções de parceiros e Central de Serviços para associadas da Abrapp

A série de encontros +Conecta teve continuidade nesta quarta-feira, 3 de março, com a realização da apresentação e diálogo com as entidades fechadas (EFPC) da regional Sudoeste (São Paulo) da Abrapp. Realizados por videoconferência, os eventos continuarão na próxima semana em dias específicos para cada regional (ver lista ao final). O objetivo é abordar as diferentes frentes de atuação da Conecta, compartilhar a atualização do status do Hupp, as soluções de parceiros e conversar sobre a Central de Serviços.

Além disso, o time da Conecta oferece a oportunidade de interação com as associadas da Abrapp, para ouvir as preocupações e desafios dos dirigentes e profissionais do setor e pensar em novas soluções. “Estamos aqui para ouvir as demandas para trabalhar na busca de novas soluções. O papel da Conecta é o de realizar conexões entre as entidades e os parceiros; gerar ganhos em um ambiente de forte colaboração e compartilhamento”, explicou a Superintendente Executiva da Conecta, Claudia Janesko.

O Superintendente Geral da Abrapp, Devanir Silva, destacou a importância do desenvolvimento da Conecta como uma das ações mais inovadoras para atender as associadas com soluções compartilhadas e redução de custos. “A Conecta atua para superar um dos maiores desafios do sistema, que é o uso intensivo de tecnologia. Hoje temos confiança na atuação da equipe Conecta, que tem buscado as melhores soluções, com profundidade e responsabilidade”, disse Devanir.

Um dos pontos importantes da apresentação da Conecta foi o do Hupp, que é o primeiro hub setorial da previdência complementar. Ele surgiu a partir do planejamento estratégico da Abrapp realizado no início do ano passado – mais especificamente relacionado ao eixo da inovação. “Estamos com 11 entidades parceiras trabalhando conosco nesse primeiro ciclo, e elas estão se relacionando com 17 startups para validar soluções para dentro do nosso ambiente, sendo soluções que já têm operações em outros nichos”, disse Claudia.

A Superintendente esclareceu que o Hupp é um projeto desenvolvido pela Abrapp para todo o sistema e que conta com a gestão da Conecta e a consultoria técnica da LM Ventures. O projeto está avançando rapidamente e se prepara para entrar na etapa de validação das soluções que estão sendo implementadas inicialmente dentro das Entidades Participantes. Para isso, está em andamento um trabalho de mentoria e consultoria estratégica para as Provas de Conceito (POC) das startups. Depois de validadas, as soluções serão lançadas para compartilhamento com demais entidades do sistema. “Queremos auxiliar no processo de transformação digital para todo o setor”, comentou.

Parceiros – Durante o evento, foram apresentados os parceiros da Conecta que oferecem soluções voltadas às necessidades das EFPC. Claudia Janesko esclareceu a diferença entre as startups, que estão desenvolvendo novas soluções tecnológicas através da interação no Hupp, e os parceiros, que já oferecem soluções maduras para sua contratação pelas entidades.

Ela reiterou que a seleção de parceiros da Conecta é criteriosa. “A gente testa os parceiros compreendendo a empresa, o modelo de negócios e a aderência da solução”. Atualmente, a Conecta trabalha com os seguintes parceiros: PFM; Perinity; Inovativadora; Contraktor; Agência Eureka; Comdinheiro; e Atlas. Em geral, são empresas que já conhecem o setor de Previdência Fechada e possuem alta qualidade e condições favoráveis de custo. “Se a empresa não trouxer vantagem de custo para o sistema, não faz sentido compor a grade de parceiros. Um dos objetivos é reduzir onerosidade a partir de uma condição comercial mais vantajosa. A Conecta desempenha esse papel de negociadora”, comentou.

Central de Serviços – A partir de um processo de escuta realizado junto às entidades, a Conecta capturou as maiores necessidades e dores em relação à expansão e fomento das EFPC. Dessa análise, decidiu lançar a Central de Serviços com o objetivo de oferecer soluções voltadas para as áreas de vendas e atendimento. O maior desafio colocado para o sistema é o de vendas e pós-vendas para avançar na expansão do sistema na atração de novos públicos, sobretudo, os familiares de participantes.

Para isso, a Central de Serviços pretende oferecer uma solução completa em todas as etapas do funil de vendas. São soluções voltadas para o topo do funil, com campanhas de marketing que considerem o participante como principal divulgador do plano família. Claudia explicou que a Central pretende atuar na questão da ampliação das bases de dados com informações sobre os familiares de segundo ou terceiro graus dos participantes, que atualmente não são acessadas pelas entidades.

As soluções pretendem atender também o meio do funil, neste ponto, com a atuação da Clara, que é um chatbot (inteligência artificial) que será capaz de atuar no esquentamento dos leads. “A Clara é o avatar do nosso bot. A principal inovação, ainda não explorada no nosso sistema, é a utilização do bot na fase de prospecção de vendas”, diz a Superintendente da Conecta. A atuação do chatbot nesta etapa terá a capacidade de substituir com eficácia a necessidade de uma equipe numerosa de profissionais, que a maioria das entidades não têm condições de manter.

A Central da Conecta se propõe ainda a atuar no final do funil, com a venda propriamente dita, CRM e campanhas promocionais. O objetivo é oferecer alternativas de ações que permitam ganho de escala e volumetria, realizando a conexão com os portais de adesão digital das EFPC. E a última etapa, chamada de fase de encantamento, também será abrangida, com a finalidade de permitir a fidelização e retenção dos clientes. Sabe-se que os planos instituídos, muito mais que os patrocinados, enfrentam o desafio da fidelização é fundamental a adoção de ações e campanhas que possam gerar percepção de valor aos participantes durante toda a fase de acumulação.

Devanir Silva também reforçou os objetivos da Central de Serviços. “É uma solução completa para atender os desafios das associadas de todos os portes com qualidade técnica e custos compatíveis. A Central envolve a atuação de grandes prestadores de serviços, que têm histórico de entrega e alto padrão de credibilidade. Será uma solução de alto valor para todo o quadro associativo”, disse o Superintendente Geral da Abrapp.

Demandas e dúvidas – Ao final do evento, a equipe da Conecta recebeu questões com dúvidas e demandas de profissionais e dirigentes da regional Sudoeste (São Paulo). Uma das preocupações expostas pelos participantes foram as exigências impostas pela nova Instrução Previc n. 34/2020, que entrou em vigor em 1 de março deste ano. A nova regulação traz novas exigências e controles para as entidades sobre a prevenção de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

Os participantes do evento também citaram o interesse em seguir acompanhando os avanços sobre a Central de Serviços e demais soluções tecnológicas oferecidas pela Conecta e seus parceiros na gestão e vendas de planos instituídos e familiares.

Confira o calendário dos próximos encontros +Conecta:

09/03 – Regional Sudeste – 10h às 12h

10/03 – Regional Leste – 10h às 12h

11/03 – Regional Sul – 10h às 12h

12/03 – Regional Nordeste – 10h às 12h

Leia aqui sobre encontro +Conecta Regional Centro-Norte realizado em 2 de março.

+Conecta inicia com apresentação de soluções e compartilhamento de ideias com entidades da Regional Centro-Norte

+Conecta inicia com apresentação de soluções e compartilhamento de ideias com entidades da Regional Centro-Norte

A série +Conecta iniciou nesta terça-feira, dia 2 de março, em encontro com as Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC) da Regional Centro-Norte, e ocorrerá na primeira quinzena do mês em agendas específicas com cada regional, sempre das 10h às 12h. O propósito desses encontros é abordar as frentes de atuação da Conecta, compartilhar a atualização do status do Hupp, levar o que a Conecta tem na prateleira de soluções de parcerias, e conversar sobre a Central de Serviços.

“O objetivo do nosso bate-papo é compartilhar e atualizar como a Conecta está, como estão as frentes de atuação da Conecta e suas operações, além de abrir um canal para ouvir as entidades”, disse a Superintendente Executiva da Conecta, Claudia Janesko. “A Conecta existe por vocês e para vocês, então ouvir as necessidades e demandas em relação ao que a Conecta pode contribuir é sempre importante”.

Ela lembrou que o papel da Conecta é conectar empresas, negócios, pessoas e entidades, sendo um espaço para trabalhar conexão, colaboração e compartilhamento. “É uma empresa criada pelo grupo, para o grupo, com o firme propósito de trazer inovação e soluções por meio do compartilhamento”.

Hupp – Projeto viabilizado pela Abrapp, o propósito do Hupp é ser o primeiro hub setorial da previdência complementar, com o grande objetivo de levar soluções inovadoras para o ambiente e que venham a agregar ao dia a dia, promovendo a eficiência e otimizando resultado dentro das entidades. “Estamos com 11 entidades parceiras trabalhando conosco nesse primeiro ciclo, e elas estão se relacionando com 17 startups para validar soluções para dentro do nossos ambiente, sendo soluções que já têm operações em outros nichos, mas após uma avaliação e alinhamento, serão ajustadas e modeladas ao ambiente, testadas e validadas”, explicou Claudia.

Após uma etapa inicial de definição das necessidades das EFPC, considerando o que foi estabelecido na reunião de Planejamento Estratégico da Abrapp em 2020, foi feita uma pesquisa de soluções; a chamada de startups e de entidades; e após apresentações de cada uma e da seleção das 17 startups, foi feito o match, que é a distribuição das 17 startups para as 11 entidades acompanharem.

Está em andamento também um trabalho de mentoria e consultoria estratégica para as Provas de Conceito (POC) das startups, e atualmente situações individuais entre as startups distribuídas entre as Entidades Parceiras, com base no match realizado, estão sendo trabalhadas. “Aqui começamos uma etapa mais individualizada para, no final, ter uma validação. Cada POC tem seu tempo de execução”, disse Claudia. Depois de validadas, as soluções são lançadas para compartilhamento com demais entidades do sistema.

Segundo Claudia, as soluções do Hupp estão sendo trabalhadas para várias frentes, desde analytics, passando por meios de pagamentos, inteligência artificial, facilitação do processo de tomada de decisão, entre outras. “A expectativa é que ao final deste semestre a gente tenha soluções para apresentar ao nosso ambiente, fruto dessas POCs”, reiterou.

Parceiros – Foram apresentados ainda os parceiros da Conecta que oferecem soluções que ainda não são usuais no segmento, mas que sejam adequadas à realidade das EFPC. “Quem dita a regra de uma parceria é o nosso sistema”, disse Claudia. “Tem muita empresa se propondo a prestar serviço ao nosso ambiente, mas não são eles que ditam o que é prioritário. Para nós, a regra do jogo é ditada pelo nosso mercado. O que as entidades têm trazido como prioridade e maiores necessidades é o que define o que a Conecta vai trazer para nossa grade de parceiros”.

Ela reiterou que a seleção de parceiros da Conecta é criteriosa. “A gente testa os parceiros compreendendo a empresa, o modelo de negócios e a aderência da solução”. Atualmente, a Conecta trabalha com os seguintes parceiros: PFM; Perinity; Inovativadora; Contraktor; Agência Eureka; Comdinheiro; e Atlas.

Central de Serviços – A Central de Serviços é um braço de prestação de serviços da Conecta, tendo nascido de um pleito que surgiu em reuniões da Abrapp e referendado no Planejamento Estratégico. “Assim, a Conecta fez um ajuste em seu modelo de negócios para vir com essa frente de prestação de serviços direto”, explicou Claudia.

Após um período de escuta, a Conecta capturou as maiores necessidades e dores em relação a expansão e fomento das EFPC. Assim, o foco da Central é oferecer serviços voltados para as áreas de vendas e atendimento, que são as grandes demandas que o sistema possui no momento. “Isso foi importante para trazermos um novo conceito comercial onde trabalhamos toda a jornada de atração do cliente, até o processo de fidelização. A Central é mais que uma tecnologia, é uma prestação de serviços com uma metodologia inovadora, suportada por uma tecnologia também inovadora”, disse Claudia.

Ela explicou que a Central trabalhará desde campanhas via e-mail marketing para conhecimento do plano de benefícios das entidades, passando pela plataforma Member Get Member, na qual o próprio participante faz uma conexão para trazer mais pessoas para dentro do plano, especialmente nos planos família. Posteriormente, é preciso evoluir e maturar o processos para aproximar ainda mais o cliente com campanhas, apoios, conteúdos e ferramentas de engajamento.

A Central de Serviços também oferece a Clara, um chatbot com inteligência artificial com planejamento de script especializado. “Ela é um grande diferencial, pois trabalha na prospecção”, explicou Claudia. A Central passa ainda pela etapa de conversão, onde os prospects são convertidos para o processo de adesão às entidades. “Essa etapa de conversão permite ainda que a gente apoie melhorias, identificando se o processo de adesão adotado pela entidade tem muito atrito, se os prospects abandonam o processo e por que abandonam”.

A etapa final é o encantamento, com o desafio de manter o relacionamento entre a EFPC e o cliente no longo prazo, tornando-o constante e permanente para que o participante continue atribuindo valor ao produto. “Além de ferramenta para ajudar em uma atendimento mais ágil, monitorado, com histórico, temos a questão de campanhas e apoios para fazer com que esses participantes percebam o valor dessa relação”, ressaltou Claudia.

ERP – Edjair de Siqueira Alves, Diretor Presidente do Sebrae Previdência, destacou que a Conecta foi uma das maiores iniciativas da Abrapp, pois mostra que a Associação está preocupada em buscar competitividade, e isso se consegue com preço baixo e muita tecnologia. Ele reiterou a importância da digitalização para o sistema de previdência complementar. “A gente se preocupa com automatização. E a maior dificuldade das entidades são os sistemas corporativos”, pontuou.

Ele reiterou que a Conecta traz às EFPC o ganho de escala. “Temos ganho em eficiência e, consequentemente, podemos prestar um bom serviço à sociedade com segurança demonstrando nossa competitividade”.

Claudia explicou que a questão dos sistemas integrados de gestão empresarial (ERP) está sendo trabalhada pela Conecta em conjunto com a Abrapp. O Diretor Administrativo da Conecta, Devanir Silva, reiterou que há uma busca por alternativas para esse tipo de sistema às EFPC, mas adiantou que a Central de Serviços pode auxiliar as entidades nessa demanda. “Venda, para nós, é aumentar fluxo, e nossa prioridade foi oferecer esse instrumento com uma solução integrada que possa compartilhar serviços preservando a autonomia das entidades. Aí já temos um bom caminho”.

Confira o calendário dos próximos encontros +Conecta:

03/03 – Regional Sudoeste – 10h às 12h

09/03 – Regional Sudeste – 10h às 12h

10/03 – Regional Leste – 10h às 12h

11/03 – Regional Sul – 10h às 12h

12/03 – Regional Nordeste – 10h às 12h

Conecta inicia rodada de encontros regionais em março

Conecta inicia rodada de encontros regionais em março

A Conecta está abrindo uma nova rodada de encontros com as regionais da Abrapp para contar um pouco mais sobre suas soluções para o mercado da previdência em uma troca de relacionamento, engajamento e tecnologia.

A série de encontros, batizada de +Conecta, iniciará no dia 2 de março e ocorrerá ao longo do mês em agendas específicas com cada regional. “Esse processo é uma continuidade à dinâmica de aproximação das regionais que fizemos no ano passado”, explica Claudia Janesko, Superintendente Executiva da Conecta. “Assim como no ano passado, será uma atualização do que estamos fazendo, abrindo canal para entidades levarem suas demandas e se posicionarem”.

Os encontros, que ocorrerão sempre das 10h às 12h, terão como objetivo abordar as frentes de atuação da Conecta, compartilhar a atualização do status do Hupp, levar o que a Conecta tem na prateleira de soluções de parcerias, e conversar sobre a Central de Serviços Conecta. “Queremos atualizar as EFPC sobre operações da Conecta, abrindo um canal para ouvir as demandas e necessidades das entidades. É uma oportunidade e espaço para a gente ouvir”, reforça Claudia. O evento é aberto para todo o público das EFPC, entre eles dirigentes, profissionais e conselheiros.

Confira o calendário de apresentações:

02/03 – Regional Centro-Norte – 10h às 12h

03/03 – Regional Sudoeste – 10h às 12h

09/03 – Regional Sudeste – 10h às 12h

10/03 – Regional Leste – 10h às 12h

11/03 – Regional Sul – 10h às 12h

12/03 – Regional Nordeste – 10h às 12h

Em breve, a Conecta fará a remessa dos convites por e-mail com os links de acesso para cada apresentação.

Conecta lança Central de Serviços durante 41º Congresso

Conecta lança Central de Serviços durante 41º Congresso

Ocorreu nesta segunda-feira, 16 de novembro, o lançamento da Central de Serviços Conecta durante o 41º Congresso Brasileiro de Previdência Privada (CBPP). Na ocasião, foi feita uma celebração do lançamento da Central no Estande da Conecta, na Área de Exposições do evento, reunindo mais de 70 participantes online.

“Esse é o primeiro produto operacionalizado pela Conecta e é um serviço que foi planejado e idealizado para ajudar as entidades na missão de captação e relacionamento com o participante”, disse a Superintendente da Conecta, Claudia Janesko. “Depois de um ano ouvindo as necessidades e dificuldades das entidades, e de vários meses idealizando  e planejando, nasce a nossa central, porque um novo participante em um novo contexto merece um novo conceito”, reiterou Claudia.

O Diretor Presidente da Conecta e da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins, também esteve presente na celebração de lançamento e destacou que a Conecta é uma empresa que traz soluções compartilhadas e insere o segmento de Entidades Fechadas de Previdência Complementar  (EFPC) no mundo tecnológico. “A gente sabe as dificuldade que o sistema tem passado, e a gente vem buscando a alternativa de soluções compartilhadas. E vem a Central de Serviços. Chegou o dia”, disse.

Ele citou o Hack’A’Prev e o Hupp como exemplos de iniciativas da Conecta que visam levar mais tecnologia e atrair um público jovem ao sistema de previdência complementar. Segundo o Presidente da Conecta, nesse momento de reivenção, o sistema precisa vender e ir atrás dos familiares dos participantes para gerar fomento. “Agora, a Conecta traz uma novidade que visa facilitar o nosso dia a dia”, destacou Luís Ricardo, ressaltando que o objetivo da Central de Serviços é facilitar o sistema e desonerar as Associadas. “Nós vamos conhecer aqui uma Central de Serviços que vai representar muito o nosso segmento”, complementou.

E as entidades que fizerem pré-reserva dos serviços oferecidos pela Central a partir de agora vão ter uma condição especial! Mas para conhecer melhor essas condições, as EFPC devem conferir as apresentações sobre a Central de Serviços no Estande da Conecta nos próximos dias de Congresso, nos seguintes horários:

Conecta prepara lançamento de Central de Serviços durante 41º CBPP

Conecta prepara lançamento de Central de Serviços durante 41º CBPP

O lançamento da Central de Serviços Conecta ocorrerá na próxima segunda-feira, 16 de novembro, às 19h15, durante o 41º Congresso Brasileiro de Previdência Privada, que acontecerá de 16 a 19 de novembro. A Central tem como objetivo trazer um novo conceito de prestação de serviços em relação a engajamento, vendas e relacionamento com os participantes das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), contribuindo para os projetos expansão e resultados das entidades e os congressistas poderão acompanhar seu lançamento no Estande da Conecta.

A cerimônia do dia 16 de novembro será uma comemoração da chegada da Central de Serviços Conecta, com apresentação rápida sobre a proposta da Central em uma solenidade. Os dias 17, 18 e 19 de novembro terão três horários de apresentações por dia sobre a Central, dando mais detalhes sobre sua operação. Essas sessões ocorrerão das 10h45 às 11h30; das 12h15 às 13h; e das 16h45 às 17h30.

A ideia da Central é levar às EFPC um ferramental para atrair novos participantes e se relacionar com eles a partir da tecnologia e de estratégias efetivas. “A Central nasce de uma demanda forte das entidades na área de vendas e engajamento com participantes. Isso já foi colocado para nós no passado, e em um Grupo de Trabalho da Abrapp foi sugerido que a Conecta passasse a prestar serviços, o que foi referendado no planejamento estratégico da Abrapp no início deste ano”, explica a Superintendente Geral da Conecta, Claudia Janesko. “Assim, saímos apenas da intermediação para entrar mais diretamente na prestação de serviços nessas duas frentes mais fortes de demanda”, conta. 

No momento da cerimônia de lançamento da Central de Serviços Conecta, haverá ainda a divulgação de campanha especial para as EFPC. Fique de olho e não perca a cerimônia! Confira a programação do Congresso e reserve sua agenda.

Newsletter Abrapp em Foco

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece no Grupo Abrapp e em sintonia com os fatos mais relevantes do setor.